Seja bem-vindo. 19 de maio de 2024 23:45
Previous slide
Next slide

Acusado de tentativa de Homicídio, disse que vítima passou a mão nos seios e Vagina de sua mulher

Um homem de 33 anos foi preso em flagrante, na madrugada deste domingo (12/5), após esfaquear um vizinho, de 38, na QE 40 do Guará. Segundo o agressor, a vítima teria “passado as mãos nos seios e na vagina” da companheira dele, o que teria motivado o ataque. A 4ª Delegacia de Polícia (Guará) investiga o crime.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), então, foi acionada e orientou a vítima a registrar um boletim de ocorrência. Antes de se dirigir a uma delegacia, porém, o homem precisou ser encaminhado ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran) devido aos ferimentos. Conforme relataram testemunhas, a cena do crime estava “toda ensanguentada”.

Após o registro da denúncia, agentes da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) procuraram o suspeito no endereço apontado pela vítima. Lá, o autor confessou o ataque e disse que, depois da agressão, jogou a arma do crime em um matagal. O investigado declarou ainda que a vítima teria importunado sexualmente a companheira dele. A mulher confirmou o assédio aos policiais.

O agressor, foi preso e indiciado por tentativa de homicídio. A vítima, que está em liberdade, foi indiciada por importunação sexual.

Acusado de matar mulher dentro de bar no jardim Ingá é preso.

No dia do crime, vítima e autor que eram conhecidos, se desentenderam e partiram para agressão, a mulher foi morta dentro do bar para onde correu pedindo ajuda .

Na tarde do dia 06/05/2024 (segunda-feira), Policiais Civis do Estado de Goiás, integrantes do GIH – Grupo de Investigação de Homicídios de Luziânia – cumpriram mandado de prisão preventiva contra indivíduo (22 anos) pela prática do crime de homicídio qualificado.

O crime foi praticado em dezembro de 2023, no distrito do Jardim Ingá, em Luziânia/GO. Na ocasião, a vítima, uma mulher de 32 anos de idade, se desentendeu com o autor em um bar,no dia a vítima teria arremessado um copo na direção do indivíduo, o autor pegou uma faca e perseguiu a vítima até conseguir a esfaqueá-la. A vítima ainda se desvencilhou dos ataques e correu para pedir ajuda, porém morreu em decorrência dos ferimentos.

Após o fato, foi aberto inquérito policial para apurar as circunstâncias do crime e na data de 06/05/24 foi expedido o mandado de prisão do indiciado. No mesmo dia as equipes do GIH/Luziânia cumpriram o mandado, onde foi formalizada a prisão do autor. O investigado possui antecedentes policiais por feminicídio praticado no Distrito Federal.

Após a prisão, o indiciado permanecerá à disposição do Poder Judiciário de Goiás aguardando julgamento.

 

 

Acusado de furtar bicicleta de vizinho no condomínio, reclama com a policia que apanhou, o fato ocorreu em Valparaíso.

O furto ocorreu nesta terça-feira 16/04 por volta das 13;30 hs o acusado voltou ao condomínio sem a bike às 16;30 hs,depois de apanhar, o acusado ainda reclamou com os policiais que foi agredido por populares, porém essas pessoas não foram identificadas. A equipe conduziu todos os envolvidos até a delegacia.

O morador de um condomínio em Valparaíso, no parque Esplanada 2, contou à polícia militar que deixou sua bike modelo GT cor preta encostada próximo a escada do bloco onde mora, em questão de segundos, quando voltou percebeu que a bike teria sido furtada. Ao checar junto a administração, encontrou no vídeo o  momento que o acusado morador do condomínio pegou a bike e saiu do pedalando, utilizando um boné, e camisa vermelha, o acusado foi flagrado passando pelas câmeras na bicicleta indo em direção a rua .

Sendo o acusado reconhecido, a vítima percebeu que se tratava de uma pessoa conhecida, foi até onde possivelmente o acusado estava, porém ele não foi localizado, depois de algum tempo o acusado de furtar a bicicleta chegou no local onde foi enquadrado pela vítima. Ambos, vítima e autor começaram a brigar e neste momento a polícia militar foi acionada, o acusado falou para os policiais onde estaria a bike e com quem teria negociado ambos foram até uma bicicletaria que fica perto do local do furto e encontraram um possível receptador que foi abordado.

O homem acusado de comprar a bike furtada, informou ao policial que teria negociado com o acusado desta forma, combinaram o valor de R$ 670,00, sendo o celular Samsung AS21 no valor de R$ 550,00 e mais R$ 120,00 em espécie, o acusado disse ao dono da bicicletaria que não estava com a nota fiscal da bicicleta naquele momento, mas voltaria depois com esta.

Homem acusado de agredir fisicamente, ameaçar e jurar de morte é alvo de operação policial e acaba preso.

Segundo apurado a polícia civil de Goiás em Luziânia, na casa do casal foram apreendidas duas armas e sessenta munições.

Na tarde de hoje, 20/03/2024, Policiais Civis do Estado de Goiás, integrantes da DEAM – Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, realizaram cumprimento de mandado de busca e apreensão de duas armas de fogo pertencentes à investigado por agredir e ameaçar a esposa.

Na manhã de hoje, a vítima comunicante compareceu à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Luziânia, no intuito de registrar boletim de ocorrência contra seu marido. De acordo com o relatado, o autor a agrediu fisicamente e realizou diversas ameaças de morte, pessoalmente e via whatsapp. No intuito de garantir a integridade física da vítima, a autoridade policial representou pela busca e apreensão das armas de fogo que pertencem ao investigado.

Na residência do casal, foram encontradas duas armas de fogo, sendo elas:  uma pistola 9mm e uma carabina de modelo lever action, bem como o equivalente a 60 munições.

Acusado de roubar joaleria pela segunda vez, é pego por populares e leva surra até a chegada da polícia

Depois de anunciar o assalto na loja e levar celulares dos funcionário, o assaltante correu sentido á BR 040 foi seguido por populares e detido próximo a passarela amarela, o nome da loja não será divulgado para preservar a integridade dos funcionários.

A Polícia militar de Valparaíso de Goiás foi acionada nesta quarta feira 17/01 para deslocar até próximo à BR 040 embaixo da passarela amarela para atender uma ocorrência onde supostamente um elemento estaria detido depois de cometer um crime em uma joalheria da cidade.

No local os policiais militares encontraram o detido sentado com várias escoriações provocadas por um possível início de linchamento movido pela população que segurava o acusado como mostra o vídeo, a polícia militar abordou o acusado que confessou ser o autor de um assalto ocorrido na joalheria.

Ao ser colocado na viatura, os policiais se dirigiram até o local apontado que estaria às vítimas, uma funcionária do estabelecimento relatou os policiais  na delegacia, que por volta das 15h00 o criminoso chegou e anunciou assalto simulando estar armado, a vítima não visualizou qualquer arma mesmo assim não reagiu.

O criminoso chegou levar dois telefones celulares sendo um da funcionária e outro do Comércio, em seguida correu sentido A Br 040, A vítima ainda disse que assim que o criminoso saiu da loja ela correu para fora da loja e gritou que estava sendo assaltada, Populares correram atrás do acusado é-o seguraram até a chegada da polícia militar.

A vítima ainda relatou que não é a primeira vez que o detido rouba o estabelecimento, que há alguns meses atrás no mês de outubro do ano de 2023 o mesmo criminoso entrou na loja anunciou assalto e levou várias jóias, que não ocasião eles não registraram ocorrência.

O acusado foi levado até a delegacia para os procedimentos de prisão em flagrante, durante depoimento o autor identificado como Alef janderson da Silva Pereira 28 anos preferiu ficar calado.

Acusado de furtar residências, chama polícia para não ser Linchado.

Na residência do autor, os objetos foram encontrados guardados em um quarto, dentro de um baú

Um homem confessou que furtou uma residência em Goiânia e ligou para a Polícia Militar para não ser agredido por populares. O autor subtraiu vários objetos da casa de uma família que estava viajando e foi descoberto e perseguido pelas vítimas, na quarta-feira (3).

O furto aconteceu no Jardim Califórnia, na capital, há alguns dias. Durante a ação, vizinhos viram o homem saindo da residência com os objetos. Quando os donos da casa chegaram de viagem, as testemunhas informaram sobre o crime e indicaram o autor.

Houve uma perseguição ao homem, que fugiu e se escondeu em uma casa na vizinhança. Com medo de ser descoberto e agredido, ele acionou a PM. Durante a abordagem, o autor confessou a autoria do furto e concordou em levar os militares até a casa dele para recuperar os itens subtraídos.

Na residência, os objetos foram encontrados guardados em um quarto, dentro de um baú.

Após a localização, a equipe conduziu autor, vítima e objetos recuperados para a Central de Flagrantes de Goiânia. Durante o exame de corpo de delito, o autor apresentava escoriações causadas durante a fuga dele dos populares. O caso deverá ser investigado.

STJ libera da prisão motorista de BMW acusado de furar blitz da PMDF

Na ocasião, passageiro do veículo, um jovem de 24 anos, morreu após levar tiro disparado por policial militar

O motorista de uma BMW acusado de furar uma blitz da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) recebeu autorização para deixar a prisão. O engenheiro e empresário do ramo de construções Raimundo Cleofás Alves Aristides Júnior (foto em destaque), 41 anos, teve o pedido habeas corpus aceito pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e poderá responder ao processo em liberdade.

Raimundo foi preso em 28 de outubro. Na data, após Raimundo fugir da blitz, Islan da Cruz Nogueira, 24, passageiro que estava com ele no carro, acabou baleado por policiais militares e morreu na hora.

A decisão de conceder o habeas corpus partiu da ministra recém-empossada no STJ Daniela Teixeira. O empresário estava preso preventivamente. Porém, para ela, não há elemento concreto que indique risco à sociedade caso Raimundo respondesse ao processo em liberdade.