Seja bem-vindo. 30 de maio de 2024 09:42
Previous slide
Next slide

Vídeo: pai de aluno vai a escola e agride professor com socos e chutes

Homem foi preso em flagrante após espancar o servidor público. Caso aconteceu em uma escola municipal da Cidade Ocidental, no Entorno do DF

O pai de um estudante da Escola Municipal José Fernandes da Silva Neto, na Cidade Ocidental, Entorno do DF, foi preso em flagrante após agredir o coordenador da instituição, nessa segunda-feira (11/3). Imagens registradas pelas câmeras de segurança do colégio e também gravadas pelo próprio educador mostram a briga.

Nos vídeos é possível ver quando o agressor, identificado como Maxwel Santos Neto Firmino, parte para cima do servidor público, que preferiu não se identificar. Ele aponta o dedo para o profissional e faz ameaças.

Na sequência, o pai do estudante começa a dar chutes e socos no coordenador. A confusão aconteceu na saída dos alunos do turno matutino. Outras professoras tentaram separar a briga. Já em outro vídeo, os dois aparecem no pátio da escola.

Cerca de meia hora após o fim das aulas, o pai do aluno teria invadido a sala de coordenação e passou a ofender o coordenador dizendo: “Que tipo de professor merda você é? Vou te pegar! Você não me conhece”.

Nesse momento, Maxwel teria partido para cima do profissional, desferindo socos contra ele. Uma outra professora tentou intervir na situação e também acabou agredida pelo pai do aluno.

De acordo com o diretor da escola, essa não é a primeira vez que o homem agride os funcionários da instituição. “Nunca havia chegado às vias de fato, mas ele já havia agredido verbalmente outros profissionais. Ele alega que estamos perseguindo o filho dele, não aceita que coloquemos limites”, diz Marcos.

Além do adolescente envolvido na confusão, outros dois filhos de Maxwel que também estudavam na escola foram transferidos para outra unidade educacional da região.

“Está todo mundo abalado com a situação, até com certo receio de trabalhar. Reforçamos nossas medidas de seguranças dentro da escola para evitar alguma situação similar. Independentemente da situação que aconteceu, ninguém tem direito de agredir um servidor no exercício da sua função”, alega.

A reportagem tentou contato com Maxwel para ouvir a versão dele dos fatos. O espaço segue aberto para futuras manifestações.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia de Luziânia.

 

Em briga de vizinhos, homem morre ao levar tiro de chumbinho no olho

Após ser atingido pelo disparo de chumbinho, a vítima ainda levou chutes pelo corpo e uma paulada na cabeça com um pedaço de madeira

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga o homicídio de um homem atingido no olho por um disparo feito com espingarda de chumbinho. Fernando Antônio de Souza, 35 anos, foi baleado durante uma briga de vizinhos, em Ceilândia, em 4 de março. Levado em estado grave para o Hospital de Base, a vítima faleceu três dias depois, após ter morte cerebral.

As brigas entre as famílias de Fernando e dos autores, Kallebe Antônio Rezende, 23, e seu padrasto, Welton Antônio de Souza, 61, teriam se tornado constantes após a morte por afogamento de um parente dos autores. Fernando e seus familiares passaram a ser considerados culpados pela morte do jovem.

Antes de a vítima levar o tiro no olho, houve troca de ameaças entre os dois autores e Fernando. Durante a confusão, eles trocaram ofensas e pedras chegaram a ser atiradas contra o portão das residências. Em determinado momento, o clima esquentou, e Welton pegou a arma de pressão das mãos de Kallebe e abriu fogo contra Fernando, que estava a cerca de 4 metros de distância.

Após ser atingida pelo disparo, a vítima ainda levou chutes e uma paulada na cabeça com um pedaço de madeira. Após ter o olho perfurado pelo disparo, Fernando desabou na hora.

Em seguida, os dois autores subiram em uma moto e fugiram do local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar (PMDF) foram acionados. A vítima foi levada para o hospital em estado grave e não resistiu.

Horas depois, os dois autores procuraram a PCDF e prestaram depoimento, além de apresentarem a arma de pressão usada no crime. Ambos justificaram que agiram em legítima defesa.

Briga entre vizinhos termina com jovem esfaqueado no braço e na cabeça

Desentendimentos que terminaram em agressões começaram na 6ª feira, em Santa Maria (DF). Criminoso foi preso por tentativa de homicídio

Uma confusão generalizada entre vizinhos acabou com uma pessoa esfaqueada na cabeça (foto em destaque), na madrugada i domingo (10/3), em Santa Maria (DF). O caso, investigado pela 33ª Delegacia de Polícia, na mesma região, ficou registrado como tentativa de homicídio.

Testemunhas detalharam que a briga entre os moradores começou na sexta-feira (8/3), quando um jovem de 29 anos foi esfaqueado no braço por um vizinho da mesma idade. A confusão terminou na delegacia.

Dois dias depois, houve uma nova desavença. Em depoimento à Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), testemunhas contaram que o agressor que feriu o desafeto no braço atirou uma pedra no telhado da casa da vítima, na madrugada deste domingo (10/3).

Indignado, o enteado da vítima, um jovem de 18 anos que também mora no imóvel, tentou “tirar satisfação” com o vizinho, o que levou a uma nova briga.

Durante o bate-boca, o agressor pegou uma faca de cozinha escondida na cintura e partiu para cima do mais novo. Nesse momento, o padrasto do jovem – que havia se ferido no braço – tentou impedir a violência, mas levou outra facada, desta vez, na cabeça.

Ainda segundo as testemunhas, a faca quebrou e, sem poder usá-la novamente, o agressor sacou um canivete do bolso para continuar a violência. Nesse momento, algumas pessoas se aproximaram, e o criminoso fugiu.

A vítima esfaqueada foi levada para o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e, apesar da gravidade dos ferimentos, o jovem tem quadro de saúde estável.

Acionada para acompanhar a ocorrência, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) fez rondas na região, à procura do agressor. Ele foi encontrado pouco depois, com alguns parentes, à porta de uma boate. O criminoso acabou detido em flagrante e autuado por tentativa de homicídio.

Cenas fortes ; O homem esfaqueia outro em distribuidora de bebidas no J. Ingá, motivo foi uma suposta ameaça.

O autor da tentativa de homicídio tem várias passagens criminais.

Um homem de 22 anos foi preso em flagrante pela polícia militar momento depois de esfaquear outra pessoa como mostra o vídeo obtido pela reportagem, que segundo o autor, teria lhe ameaçado de morte, O crime aconteceu em frente a uma distribuidora no Dalva 3 distrito do Jardim Ingá na noite desta quarta feira 10/01 no início da madrugada. Segundo o acusado em depoimento, disse que conhece a vítima 27 anos da quebrada, ainda disse que a vítima teria dito que iria lhe matar, na oportunidade ele avistou a vítima próximo a distribuidora pegou uma faca e foi esfaqueá-lo, como mostra o vídeo o autor se aproxima e efetua as facadas.

Ao ser atingido, a vítima anda e começa cambalear, ele chega ser segurado por uma mulher, o autor sai do local enquanto a vítima é socorrido por populares até a UPA, até o fechamento desta matéria a vítima segue internada fora do risco de morte. A polícia militar ao ser acionada chegou no local e tomaram conhecimento do que teria ocorrido, e que o autor teria se evadido do local caminhando tomando rumo ignorado, com informações sobre as características do autor, a polícia começou a patrulhar e encontrou caminhando na rua de trás.

Briga em bar no DF termina com disparos de revólver e prisão

Os disparos aconteceram durante uma discussão entre um jovem de 19 anos e outra pessoa nessa quinta-feira (28/12)

Uma briga de bar na noite dessa quinta-feira (28/12) em Ceilândia, no Distrito Federal, terminou em disparos e com uma pessoa presa em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. por volta das 23h30.

Tudo aconteceu na região da QNO, por volta das 23h30. Segundo a corporação, um jovem de 19 anos e outra pessoa começaram a discutir, e o jovem disparou e correu para casa para esconder a arma.

Policiais do Grupo Tático Operacional 30 (GTOP30), do 10° Batalhão da Polícia Militar (PMDF), foram acionados e prenderam o rapaz. Um revólver calibre 32 foi apreendido.

Em seguida, o jovem e a arma foram conduzidos à 15ª Delegacia de Polícia, em Ceilândia, para seguir as movimentações legais.
Este não é o primeiro encontro do homem com as autoridades, segundo o histórico criminal dele.
O jovem possui passagens por ameaça, porte de simulacro de arma de fogo e pelo menos duas prisões anteriores por porte ilegal de arma de fogo, além de envolvimento com tráfico de drogas, entre outros delitos. O nome dele não foi divulgado.

Por conta de um Iphone 14 plus, Casal de Namorados sai na Porrada em shopping do Entorno

O fim do relacionamento de um casal resultou em cenas de pancadaria dentro de um shopping. Com o término, os envolvidos discutem com quem vai ficar com o iPhone 14 Plus, supostamente comprado por um para presentear o outro. A treta é tão grande que um dos namorados chamou os amigos para abordar o ex-companheiro na saída do cinema e tomar o telefone à força. A peleja ocorreu no último domingo (10/12) em Valparaíso de Goiás – Entorno do Distrito Federal.

A confusão do fim de semana não é a primeira protagonizada pelo casal. Em outubro, com gritos de “vai embora daqui” e “tire suas coisas”, os dois quebraram o blindex do box do banheiro. Os estilhaços perfuram o braço do rapaz que afirma ter recebido o celular de presente do ex-companheiro.

O casal começou a namorar em fevereiro deste ano e, em julho, passou a morar juntos. Nessa época, eles trabalhavam no mesmo local – uma instituição de ensino voltada à educação à distância. Foi também nesse período que o iPhone da discórdia foi comprado.

De acordo com o que o rapaz que recebeu o presente, eles haviam combinado que as parcelas do aparelho entrariam no orçamento da casa, sendo pagas junto aos demais boletos pelos dois moradores. No entanto, em agosto, esse mesmo rapaz ficou desempregado e os dois começaram a ter brigas constantemente por problemas financeiros.

O rapaz detalhou a noite que acabou com o box do banheiro quebrado, do vídeo acima. Segundo ele, os dois estavam em um bar em Valparaíso com os amigos, quando os comentários teriam ficado um pouco ácidos. “Eu disse que queria ir ao cinema e ele ficava rindo e perguntando com qual dinheiro eu ia. Isso tudo na frente dos meus amigos. Ficava me humilhando”, defendeu-se o jovem.

A discussão escalou naquela noite e, de volta ao lar, o então dono da casa teria dito para que o outro fosse embora. No vídeo, é possível identificar raiva e deboche nas conversas. Um deles grita pedindo para que o outro saia da casa, já o segundo usa de ironia para pedir que o outro ligue para a polícia.

Separado há dois meses, o casal segue à flor da pele.

Ceilândia: briga por territórios pelo tráfico está por trás de mortes

Uma possível onda de assassinatos, agora motivada por vingança, preocupa a polícia em Ceilândia, que tenta identificar os homicidas

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga o “racha” dentro de um grupo criminoso que movimenta o tráfico de drogas em Ceilândia, principalmente na quadra QNN3. A disputa provocou dois assassinatos nas últimas 48 horas. Um suspeito de envolvimento com o tráfico foi executado por três homens que estavam em um carro blindado na madrugada de sábado (21/10). Já nesta segunda (23), uma mulher, de 21 anos também foi morta a tiros, em plena luz do dia, próximo a uma quadra de esportes.