Seja bem-vindo. 22 de maio de 2024 01:43
Previous slide
Next slide

Incêndio em casa deixa 6 pessoas feridas em Ceilândia; uma das vítimas teve 70% do corpo queimado

Homem foi levado em estado grave ao Hospital Regional da Asa Norte. À Polícia Civil, bombeiros disseram que chamas podem ter começado em relógio medidor de energia que fica dentro da residência.

Um incêndio em uma casa deixou seis pessoas feridas no Núcleo Rural Alexandre Gusmão, em Ceilândia, no Distrito Federal, nesta quarta-feira (25). Uma das vítimas teve 70% do corpo queimado, de acordo com o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil.

O homem foi levado em estado grave para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran), que é referência no atendimento de queimados.

No meio da tarde, o major do Corpo de Bombeiros Fábio Bohle disse que as vítimas tiveram entre 32% e 50% dos corpos queimados. O Hran, no entanto, não passou informações sobre o estado de saúde do paciente levado à unidade.

Ainda segundo os bombeiros, quatro pessoas foram levadas aos hospitais regionais de Taguatinga (HRT) e de Ceilândia (HRC) — uma delas teve 40% do corpo queimado (saiba mais abaixo). A sexta vítima foi sozinha para o hospital e não chegou a ser atendida pelos militares porque já havia saído da casa quando os socorristas chegaram.

O primeiro socorro às vítimas foi feito por vizinhos. Segundo o caseiro, que mora no lote, o incêndio começou por volta de 9h e ele ouviu gritos de socorro.

Quando chegou na casa, conta que viu o grupo tentando escapar das chamas. Mas a casa estava toda trancada e as janelas são gradeadas.

O caseiro diz que foi preciso quebrar um portão para que as vítimas conseguissem sair. Quando os bombeiros chegaram, encontraram as cinco pessoas já do lado de fora.

De acordo com os militares, o incêndio consumiu um cômodo da casa e se espalhou para outros dois. Ao verificar que não havia mais pessoas ou animais na residência, os militares combateram as chamas.

À polícia, os bombeiros disseram que, “em uma análise preliminar e superficial da cena, aparentemente, o incêndio teve início no interior de uma casa, mais precisamente em um relógio medidor de energia que fica no interior da construção rudimentar”.

O caso é investigado pela 24ª Delegacia de Polícia, em Ceilândia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *