Seja bem-vindo. 24 de junho de 2024 04:47
Previous slide
Next slide

Goiás Social entrega mais de 4,2 mil benefícios do Mães de Goiás em cinco municípios

Goiás Social entrega mais de 4,2 mil benefícios do Mães de Goiás em cinco municípios

As ações contemplam mães, pessoas idosas e jovens em condição de vulnerabilidade inscritas no CadÚnico

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), entrega 4.281 benefícios do Goiás Social em ações realizadas em cinco municípios nesta semana. São 3.776 cartões do Mães de Goiás, 313 do Dignidade e 192 kits do Aprendiz do Futuro, em Aragoiânia, Cristalina, Campos Belos, Senador Canedo e Luziânia. Os programas atendem mães, pessoas idosas e jovens em situação de vulnerabilidade inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

Em Luziânia, a Seds ainda levará serviços de Registro Civil, com emissão da segunda via de certidão de nascimento, casamento e averbação de divórcio, confecção de Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA), Passe Livre da Pessoa com Deficiência, Passaporte da Pessoa Idosa, distribuição de absorventes (programa Dignidade Menstrual), e corte de cabelo.

Programas

O Mães de Goiás, que foi implementado em 2021, faz o repasse mensal de R$ 250 a mães ou responsáveis por crianças de 0 a 6 anos de idade, em extrema vulnerabilidade. Um total de 160 mil mães já foram beneficiadas nos 246 municípios, representando R$ 652 milhões aplicados desde a criação do programa. As mães contempladas são informadas via SMS, no telefone cadastrado no CadÚnico, sobre o dia, local e horário da entrega do cartão.

O programa Dignidade foi implementado em março de 2023 e corresponde ao benefício de R$ 300 por mês para pessoas idosas de 60 a 65 anos de idade, que ainda não alcançaram a aposentadoria e não recebem nenhum outro benefício previdenciário, em situação de extrema pobreza e pobreza. Já são mais de 2 mil pessoas idosas beneficiadas em todas as cidades goianas e R$ 2 milhões aplicados.

O Aprendiz do Futuro é o maior programa de socioaprendizagem do Brasil e do mundo. Promove inclusão social de jovens por meio da educação e do trabalho, com foco em tecnologia, alta performance e impacto social na vida de jovens em situação de vulnerabilidade. Realizado em parceria com a Dema Jovem/Renapsi, também está presente em todos os municípios goianos.

Lançado em agosto de 2021, na sua primeira etapa o programa contratou 6.250 jovens vulneráveis, de 14 e 15 anos e 11 meses, para trabalhar em órgãos da gestão estadual. Em setembro de 2023 deu início à contratação de mais 10 mil. Eles recebem R$ 663,39 de salário, R$ 150 de vale-alimentação, vale-transporte, seguro de vida, uniforme, crachá, férias, 13º salário e cursos de capacitação na plataforma do programa. Já foram R$ 164,4 milhões investidos.

Fotos: Carol Costa e Wagnas Cabral/Sede.

Fonte: Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social – Governo de Goiás.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *