Seja bem-vindo. 21 de abril de 2024 02:36
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Goiás: polícia apreende fuzis e 500 munições enterrados em quintal

Dupla presa durante ação é suspeita de pertencer a facção criminosa. Um terceiro envolvido, apontado como líder da quadrilha, está foragido

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado do Estado de Goiás (Ficco) e a Polícia Militar de Goiás (PMGO) apreenderam três fuzis .556 e 500 munições, em Goianira (GO). As armas foram encontradas enterradas no quintal de uma casa. Duas pessoas acabaram presas.

A identidade dos presos não foi divulgada, e a apreensão dos itens ocorreu após recebimento de denúncia anônima. Testemunhas informaram que a residência era ponto de tráfico. O flagrante do crime ocorreu nessa segunda-feira (19/2).

No endereço, a polícia não localizou drogas, mas um homem mostrou o local onde estavam enterradas as armas. Outro indivíduo também foi preso, suspeito de ter mandado enterrar o armamento.

A dupla seria integrante de uma facção criminosa, segundo as forças de segurança. Um terceiro envolvido, apontado como líder da quadrilha, está foragido.

Em Goiás, a Ficco é composta pelas polícias Federal (PF), Civil (PCGO), Militar (PMGO) e Penal (PPGO) de Goiás, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen). 

A força se baseia no modelo cooperativo, por meio do qual trabalham de forma integrada vários profissionais que compõem mais de um órgão do Sistema Único de Segurança Pública.

O foco do grupo é a prevenção e a repressão à criminalidade violenta, particularmente no combate a facções criminosas, ao tráfico de drogas e armas, furto, roubo e receptação de cargas ou valores, bem como lavagem e ocultação de bens, direitos ou valores e demais crimes conexos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *