Seja bem-vindo. 21 de abril de 2024 02:52
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Segurança que esfaqueou e matou cliente em bar no DF é preso

O segurança estava foragido desde o dia do crime, na terça-feira (13/2), e se entregou na 4ª DP (Guará II) acompanhado de um advogado

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, na tarde desta segunda-feira (19/2), Marciel de Sousa Barros, acusado de esfaquear e matar um cliente em um bar do Guará II. O segurança estava foragido desde o dia do crime, na terça-feira (13/2), e se entregou na 4ª Delegacia de Polícia (Guará) acompanhado de um advogado.

 

Luiz Fernando Alves da Silva, de 34 anos, vítima do assassinato, era frequentador de um bar na QE 40. De acordo com testemunhas, Luiz ameaçava constantemente o autor do crime, e chegou a dizer que mataria se tivesse acesso a uma arma de fogo.

Uma pessoa envolvida no caso afirmou que Luiz arranjava problemas no bar e estava proibido de frequentar o espaço. Em certa ocasião, ele precisou ser retirado do bar pelos seguranças e, a partir de então, teria começado a ameaçar Marciel reiteradamente.

A testemunha indicou que, no momento do crime, a vítima esperava o segurança chegar ao trabalho e teria iniciado uma luta corporal contra o homem. A briga ocorreu nas imediações do bar e terminou dentro do veículo onde Luiz estava.

Uma das pessoas envolvidas teve o pulso cortado enquanto tentava separar a briga. A luta terminou quando o segurança entrou no bar e saiu do local sem falar com ninguém.

O Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) informou que, ao chegar ao endereço, encontrou a vítima com uma perfuração por arma branca no lado esquerdo do tórax e em parada cardiorrespiratória.

Os bombeiros tentaram reanimar a vítima por mais de 45 minutos, mas o homem não resistiu aos ferimentos e morreu no local da ocorrência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *