Seja bem-vindo. 21 de abril de 2024 01:45
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Pedofilia: bandido vende vídeos mediante Pix e envia “amostra grátis”

Mais de 70 policiais civis cumprem 16 mandados judiciais, durante operação em 11 cidades goianas

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos, deflagrou, nesta terça-feira (20/2), a Operação Cameroceras, contra a produção e a comercialização de arquivos com conteúdo de exploração sexual infantil.

Há 70 policiais civis mobilizados, para cumprir 16 mandados judiciais em 11 cidades goianas – um deles de prisão preventiva, efetuada em Goiânia (GO).

A polícia detalhou que o investigado criava dezenas de grupos para venda de conteúdos com exploração sexual. Ele enviava convite e “amostras” dos materiais para, posteriormente, comercializá-los.

Em conversas com “clientes”, o criminoso dizia ter mais de 5 mil vídeos com imagens de abuso de menores e negociava a venda por R$ 100. Os investigadores tiveram acesso às mensagens com algumas das negociações.

Outras 15 pessoas foram alvo de mandados de busca e apreensão. Duas delas acabaram presas em flagrante por terem consigo, no momento da operação, vasto material de exploração sexual infantil.

As prisões em flagrante ocorreram nas cidades goianas de Senador Canedo e Mara Rosa. Os detidos foram levados para a carceragem e passarão por audiência de custódia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *