Seja bem-vindo. 16 de abril de 2024 04:51
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Vice-prefeita, Ana Lúcia: ‘A vaidade atrapalha’, tudo pelo poder!

Vice-prefeita, Ana Lúcia: ‘A vaidade atrapalha’, tudo pelo poder!

A vice-prefeita da Cidade de Luziânia-GO, Ana Lúcia (PSC-GO), pode ter o fim da sua trajetória política neste próximo ano de 2024, nas eleições municipais. A mesma anda cogitando e espalhando ser uma possível candidata a prefeita, más sera que esse caminho do sucesso é fazendo a política ‘quanto pior melhor’? O processo eleitoral só começa ano que vêm, más a oposição com ódio alimenta uma pré campanha de fake news contra o governo municipal de Luziânia.

O político, quando se enche de vaidade, não consegue enxergar com nitidez suas estratégias, citando como exemplo, o resultado das últimas eleições.

A vaidade do ser humano é grande. Na política, isso é maior ainda, e a prova do que estou dizendo e só observar a oposição. Novamente eles não conseguem agregar melhor politicamente grupos/partidos. A oposição em Luziânia vai na contramão. Se houvesse uma motivação forte, teria neutralizado o crescimento do prefeito Diego Sorgatto (UB), que vem demonstrando uma grande trajetória política de sucesso em tão pouco tempo, de Vereador eleito a deputado estadual por dois mandatos consecutivos até chegar na cadeira de prefeito, agora tem como seu aliado o Deputado campeão de emendas do Entorno, Wilde Cambão ( PSD),que vai somar para a reeleição do gestor municipal.

O ego de Ana Lúcia, têm prevalecido em relação à racionalidade e o bom senso que deveriam ser fundamentais. Essa atitude tem prejudicado a consolidação e fortalecimento do bloco oposicionista. A maioria dos políticos é vaidoso, mas alguns merecem um troféu. Já passou da hora da oposição ter como principal critério, a capacidade de usar a ciência política em favor de todos, pois, só assim teremos um final exitoso, a vice-prefeita poderia estar ajudando no desenvolvimento da Cidade, buscando emendas parlamentares com seu deputado federal, participando… pelo ao contrário prefere se trancar em um escritório político jogando a responsabilidade para a plateia e fazer uma oposição nociva com objetivo de prejudicar a governo, más na verdade quem perde no final é povo!

Durante a disputa das eleições primárias, e nessas horas que se descobre o lado sujo das negociações e entendemos como funciona esse perigoso jogo de poder.

A cegueira ideológica é uma praga que não pára de crescer. Funciona segundo a lógica de que o inimigo do meu inimigo é meu amigo. Mesmo que ele seja um canalha, quer exemplo? A oposição de Luziânia. A forma como alguns partidos locais que se autodenominam salvadores da pátria encaram a situação hoje como se fosse na época do ex-presidiário e prefeito Cristóvão Tormin, é uma prova viva disso. Qual legado de Ana Lúcia, pelo Distrito Jardim Ingá ou cidade de Luziânia nos últimos 4 anos? Há, não ser confusão, intriga, e uma oposição medíocre.
São duas figuras públicas, más duas personalidade diferentes Diego Sorgatto e Ana Lúcia; enquanto o atual prefeito trabalha em prol da população para cumprir seu plano de governo deixando a cidade um verdadeiro canteiro de obras, tudo isso em parceria com os parlamentares. Já por outro lado Ana Lúcia, não busca recursos para ajudar Luziânia, só pensa em falar mal do prefeito e esquece do povo, tudo isso pelo poder.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *