Seja bem-vindo. 14 de junho de 2024 06:29
Previous slide
Next slide

‘Amoroso, inteligente e filho exemplar’: Motociclista que morreu atropelado por mulher bêbada era árbitro e estava a caminho de jogo

‘Amoroso, inteligente e filho exemplar’: Motociclista que morreu atropelado por mulher bêbada era árbitro e estava a caminho de jogo

Edivaldo Marinho tinha 49 anos e trabalhava como árbitro para cuidar da mãe. Motorista Elaine Chagas foi presa e, momentos após o acidente, foi flagrada com garrafas nas mãos.

Amoroso, inteligente e um filho exemplar. Essas foram algumas das características que a estudante Elisabeth Catanhede, de 27 anos, usou para definir o pai, que morreu após ser atropelado por uma motorista bêbada em Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia. Edivaldo Marinho, de 49, era árbitro de futebol e estava a caminho de uma partida.

“Ele cuidava da minha avó porque ela ficou debilitada de saúde. Domingo antes de ocorrer tudo ele deu banho nela, limpou a casa e foi apitar o jogo pra ganhar R$ 80”, contou a filha.

O acidente aconteceu no último domingo (9), após a motorista Elaine Chagas, de 45 anos, invadir a contramão e bater de frente contra Edivaldo (veja abaixo). Abalada, Elisabeth disse que o pai tinha hábitos de vida saudáveis e não se conforma com o jeito que ele morreu.

“Meu pai era uma pessoa excepcional, não existia alguém como ele, era muito de bem com a vida, tranquilo, humilde, alegre, vendia saúde. Todos aqui estão despedaçados, meu pai não merecia morrer. Ele queria envelhecer bem, com saúde, pra brincar muito com os netos”, desabafou.

Elaine foi presa e aguarda por audiência de custódia. Não localizou a defesa de Elaine até a última atualização desta reportagem.

Formado em técnico em enfermagem e segurança, Edivaldo já trabalhou como pedreiro e encanador, segundo a filha. Dedicado em cuidar da mãe, de 84 anos, ele deixou seu apartamento durante a semana para ficar na casa da matriarca da família.

“Você não vai achar alguém pra falar que brigou com ele. Muito inteligente, pensava no próximo, isso que tá me doendo. Ele nunca tomou uma multa, era a pessoa mais correta no trânsito”, lamentou.

Motorista bêbada
Segundo a polícia, foi feito o teste do bafômetro na motorista e constatada embriaguez com resultado de 0,79 miligramas por litro de ar expelido. Em imagens feitas momentos depois do acidente a mulher aparece de fora do carro segurando duas garrafas.

O acidente
A Polícia Militar (PM) informou que a mulher estava dirigindo na GO-403, sentido Jardim das Oliveiras, quando perdeu o controle e invadiu a pista contrária. O carro bateu de frente com o motociclista, que morreu na hora. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *