Seja bem-vindo. 22 de maio de 2024 03:23
Previous slide
Next slide

Pra ter onde morar: “Goiás é o único estado em que uma pessoa recebe casa de graça e escriturada”, lembra Caiado

Pra ter onde morar: “Goiás é o único estado em que uma pessoa recebe casa de graça e escriturada”, lembra Caiado

Santo Antônio de Goiás foi contemplado nesta quinta-feira, 23, pelo programa Pra ter Onde Morar

O Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, esteve em Santo Antônio de Goiás, a cerca de 27 quilômetros de Goiânia, nesta quinta-feira, 23, para entregar 30 casas populares a famílias do município. As unidades habitacionais fazem parte do programa Pra Ter Onde Morar – Construção, da Agência Goiana de Habitação (Agehab) e Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), e têm custo zero para os contemplados.

“A pessoa que está na condição de pobreza e extrema-pobreza não tem condições de pagar a parcela de uma casa. Goiás é o único estado do Brasil que uma pessoa recebe uma casa de graça e escriturada”, frisou Caiado. “O que estamos entregando hoje são casas com padrão de excelência, digna para as pessoas poderem morar”, acrescentou o governador.

Neste primeiro módulo foram entregues 30 casas a custo zero. Os imóveis possuem infraestrutura de água, energia elétrica e estão aptos para receber os moradores. Outras 20 unidades estão em processo de construção, totalizando assim, 50 moradias a serem entregues no município. As famílias foram selecionadas por sorteio público depois de previamente habilitadas.

O presidente da Agehab, Alexandre Baldy, disse que a meta é estender ainda mais o alcance do programa habitacional goiano, ampliando o número de cidades contempladas. A intenção é chegar a 10 mil casas construídas. O titular da Seinfra, Pedro Sales, ressaltou que Goiás tem a maior, mais completa e diversificada política habitacional de todo o país.

As residências são construídas com 100% de recursos estaduais, em parceria com as prefeituras, que viabilizam o terreno. “Os prefeitos estão unidos no propósito de ajudar o governador a transformar Goiás no melhor estado do Brasil”, afirmou o prefeito de Santo Antônio de Goiás, Kleber Freitas. “Essa entrega é fruto da integração do Governo do Estado e município, é assim que temos de governar, em total parceria”, reforçou Caiado.

Programa
Para concorrer a uma das unidades habitacionais, as famílias precisam comprovar renda familiar de até um salário mínimo e morar há pelo menos três anos na cidade. É o caso da diarista Luzineide Cruz Lima, de 35 anos, que agora possui um novo lar para morar com os quatro filhos. “Está todo mundo feliz e ansioso para mudar logo. Vai mudar a minha vida”, celebrou. Cada moradia custa cerca de R$ 127 mil.

No momento, estão abertas inscrições para mais 192 moradias em Britânia (50 casas), Jandaia (50), Jussara (50) e Palestina de Goiás (42). Os interessados devem se inscrever pelo site da Agehab até o dia 28 de novembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *