Seja bem-vindo. 22 de maio de 2024 01:34
Previous slide
Next slide

Polícia resgata mais de 70 animais e prende homem por maus-tratos

Polícia resgata mais de 70 animais e prende homem por maus-tratos

No local, foram encontrados aves, gatos e cães em estado degradante; homem preso disse que não tinha autorização para manter os animais

Um homem de 62 anos foi preso pela Polícia Civil na noite da última quarta-feira (29/11) acusado de maus-tratos a mais de 70 animais em uma clínica veterinária no bairro Penha da França, na zona leste de São Paulo.

No local, foram encontrados aves, gatos e cachorros em estado degradante. Integrantes da 1° Delegacia de Investigações contra o Meio Ambiente e Setor de Produtos Controlados (DIICMA), em parceria com a Divisão de Vigilância de Zoonoses, já investigava a clínica pela suspeita de maus-tratos.

Os policiais foram até o local acompanhados do dono do imóvel e encontraram alguns cães sujos e assustados dentro de uma das salas

Em outro pavimento, havia vários gatos em situação semelhante, todos com leucemia felina. Na clínica também haviam aves como papagaios, galinhas, pombas e patos. O homem contou aos policiais que não tinha autorização para manter nenhum desses animais.

Corpos de animais em freezer
Depois de vistoriar o local, a equipe encontrou um freezer com 7 carcaças de cães. No total, foram resgatados aproximadamente 50 gatos, 20 cachorros e 8 aves de espécies diversas.

Polícia resgata mais de 70 animais e prende homem por maus-tratos
No local, foram encontrados aves, gatos e cães em estado degradante; homem preso disse que não tinha autorização para manter os animais
Thomaz.

São Paulo – Um homem de 62 anos foi preso pela Polícia Civil na noite da última quarta-feira (29/11) acusado de maus-tratos a mais de 70 animais em uma clínica veterinária no bairro Penha da França, na zona leste de São Paulo.

No local, foram encontrados aves, gatos e cachorros em estado degradante. Integrantes da 1° Delegacia de Investigações contra o Meio Ambiente e Setor de Produtos Controlados (DIICMA), em parceria com a Divisão de Vigilância de Zoonoses, já investigava a clínica pela suspeita de maus-tratos.

Clínica veterinária no bairro Penha da França, na zona leste de São Paulo Divulgação/Polícia Civil

Os policiais foram até o local acompanhados do dono do imóvel e encontraram alguns cães sujos e assustados dentro de uma das salas.

Em outro pavimento, havia vários gatos em situação semelhante, todos com leucemia felina. Na clínica também haviam aves como papagaios, galinhas, pombas e patos. O homem contou aos policiais que não tinha autorização para manter nenhum desses animais.

Corpos de animais em freezer
Depois de vistoriar o local, a equipe encontrou um freezer com 7 carcaças de cães. No total, foram resgatados aproximadamente 50 gatos, 20 cachorros e 8 aves de espécies diversas.

“Seu presente de Natal”: pai esfaqueia filho e manda vídeo à mulher
Tribunal do crime: membros do PCC são presos por “julgar” estupradores
Pastor suspeito de estuprar 9 crianças é preso: “Tocou minha titita”
Homem amarrado: Ouvidoria diz que PMs fizeram “tortura da ditadura”
A zoonose interditou o local, as aves foram apreendidas e levadas a um lugar apropriado, os demais animais ficaram aos cuidados de uma ONG, aguardando os próximos direcionamentos da zoonoses.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o homem foi preso em flagrante e encaminhado a 1ª Delegacia DIICMA, onde o caso foi registrado como crime ao meio ambiente por matar espécimes de fauna silvestre e praticar ato de abuso a animais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *