Seja bem-vindo. 24 de junho de 2024 04:05
Previous slide
Next slide

Polícia prende mulher que mantinha idoso em cárcere 

O idoso escreveu uma carta a próprio punho para denunciar os crimes, ela fugiu do local mas foi capturada pela polícia 

Um idoso vítima de cárcere privado e maus-tratos precisou cavar um buraco para urinar e defecar. O crime aconteceu em Águas Lindas de Goiás. O homem de 74 anos escreveu uma carta de próprio punho para pedir ajudar à Polícia Civil. A suspeita foi presa.

De acordo com as apurações, a investigada mantinha o idoso em um “barraco” construído de latão/madeira, que ficava nos fundos da casa da suspeita. O grau de parentesco entre eles não foi informado.

O idoso fazia as necessidades fisiológicas em um buraco que ele próprio cavou, a 4 metros de onde dormia. Além disso, tomava banho em uma torneira de 50 centímetros de altura.

A investigada também apropriou-se dos valores do Benefício de Prestação Continuada (BPC) da vítima, uma vez que ela retinha o cartão benefício. Com a senha pessoal do cartão do idoso, a mulher contratou empréstimo consignado em nome da vítima. O idoso nunca teve conhecimento dos saques e do empréstimo feito pela suspeita.

Investigada tentou fugir

Durante as investigações, a mulher parou de responder aos contatos feitos pelos policiais, mudou-se de endereço sem comunicar novo paradeiro e ainda pediu transferência da filha de um colégio de Águas Lindas de Goiás, informando na secretaria escolar que deixariam o Brasil para o exterior.

Assim, a autoridade policial solicitou a prisão preventiva da suspeita. O pedido foi aceito e os policiais do 17ºDRP prenderam a mulher na cidade de Santa Terezinha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *