Seja bem-vindo. 26 de fevereiro de 2024 14:08
Previous
Next

PCDF faz operação contra grileiros que criaram condomínio de luxo

No local, os suspeitos planejavam implementar um condomínio com 227 lotes, cada qual com 400 m² e que seriam vendidos por R$ 250 mil.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (10/10), a Operação Gradus contra integrantes de uma organização criminosa suspeita de parcelamento irregular do solo e dano ambiental.

No total, são cumpridos 10 mandados de busca e apreensão. As buscas foram cumpridas nas regiões de Vicente Pires, Sobradinho e na cidade goiana de Formosa.

Os policiais descobriram que ao menos 10 pessoas se associaram para realizar o parcelamento irregular de uma área localizada ao fundo do condomínio RK, nas proximidades da DF 440, em Sobradinho, a qual foi chamada pelos integrantes do grupo como Novo RK ou condomínio Rancho Karina.

 

 

No local, os suspeitos planejavam implementar um condomínio com 227 lotes, cada qual com 400 m² e que seriam vendidos por R$ 250 mil. Foi possível localizar um croqui com a disposição dos lotes, bem como anúncios de venda.

 

A área em questão, entretanto, é de propriedade da Terracap e está localizada na Área de Proteção Ambiental da bacia do Rio São Bartolomeu. Agora, as investigações continuam para analisar os objetos apreendidos.

A investigação é conduzida pela Coordenação Especial de Proteção ao Meio Ambiente, à Ordem Urbanística e ao Animal (Cepema), por meio da Delegacia Especial do Meio Ambiente (Dema).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *