Seja bem-vindo. 22 de maio de 2024 02:59
Previous slide
Next slide

Padrasto e mãe são presos suspeitos de estupro contra criança de 7 anos

Polícia afirma que a mãe sabia das intenções do companheiro e foi omissa ao crime. O caso é investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Um idoso, de 61 anos, foi preso suspeito de estuprar a enteada de 7 anos, em Luziânia, no entorno do Distrito Federal (DF). A mãe da criança, que tem 24 anos, também foi presa, pois, segundo a Polícia Civil (PC), disse que sabia dos “fetiches” do padrasto e não fez nada. O casal foi preso nesta quinta-feira (6). Os nomes deles não foram divulgados.

As investigações começaram em outubro deste ano após denúncia de uma familiar. Questionada sobre maiores informações sobre o caso, a polícia afirmou que, por envolver menor e a dignidade sexual dela, os detalhes do crime são sigilosos para não expor a criança.

De acordo a polícia, a mãe sabia das intenções, ou, nas palavras dela, “fetiches” que o companheiro dela tinha pela filha e não fez nada. Por isso, ela foi presa preventivamente pelo crime de estupro de vulnerável, supostamente cometido por ela a título de omissão.

O padrasto também foi preso preventivamente pela prática de crime contra a dignidade sexual, conforme o artigo 217-A, caput, do Código Penal Brasileiro (CPB). Ele e a mãe foram encaminhados aos presídios locais e colocados à disposição do Poder Judiciário.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *