Seja bem-vindo. 21 de abril de 2024 02:21
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Mulher descobre que vizinha era mantida em cárcere após cachorro fugir

A vítima foi surpreendida pelo ex que invadiu a casa dela e a manteve em cárcere enquanto a agredia. Crime ocorreu em Santa Maria

Um homem de 33 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) acusado de espancar a ex-companheira, de 34 anos, e mantê-la em cárcere privado na companhia de uma amiga, por cerca de 3 horas, em Santa Maria.

Na manhã de sábado (9/3), uma vizinha da vítima encontrou o cachorro dela perdido na rua em que moram e foi devolvê-lo para a tutora. Ao chegar na frente da residência, ela ouviu os gritos da mulher pedindo socorro e acionou a PMDF.

Os policiais do 26º Batalhão foram até o endereço. Ao perceber a chegada dos militares, o agressor tentou fugir pelo telhado das casas vizinhas, mas foi preso.

A vítima relatou aos PMs que chegou em casa de madrugada acompanhada de dois amigos – um homem e uma mulher – depois de uma festa. Ao entrarem no imóvel, o ex-companheiro saiu do banheiro, onde estava escondido, e surpreendeu o trio.

Antes de invadir a casa da vítima, ele havia mandado mensagens de texto a ameaçando, pois não aceitava o fim do relacionamento entre os dois.

O homem, então, passou a agredir a ex-companheira com socos e chutes, além de ameaçá-la com o emprego de duas facas.

O amigo da vítima tentou intervir na situação e acabou sendo atingido com um golpe de arma branca. Ele ficou ferido e acabou fugindo do local, momento em que o agressor trancou a casa.

A mulher agredida foi levada ao Hospital do Gama. E o agressor encaminhado à 20ª Delegacia de Polícia para registro de ocorrência.

Ele foi detido por ameaça, cárcere privado e lesão corporal no âmbito da Lei Maria da Penha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *