Seja bem-vindo. 19 de julho de 2024 21:43
Previous slide
Next slide

Mulher derrama R$ 13 milhões em vinhos para se vingar de demissão de adega

Ao todo, foram derramados 60 mil litros de vinho tinto da vinícola Cepa 21

Uma espanhola foi presa quatro meses após sabotar a adega em que trabalhava após ser desligada da empresa. A mulher, que não teve a identidade revelada, não aceitou o desligamento e derramou cinco barris de vinho, causando um prejuízo de 2,5 milhões de euros, cerca de R$ 13 milhões.

Ao todo, foram derramados 60 mil litros de vinho tinto da vinícola Cepa 21. A sabotagem ocorreu no dia 18 de fevereiro e a prisão na quarta-feira (26). A ação foi registrada por câmeras de monitoramento, que filmaram a mulher entrando no local usando um capuz e abrindo os tanques, deixando toda a bebida vazar pelo chão.

Segundo informações da Guarda Civil de Valladolid, os barris violados armazenavam a colheita dos três vinhos mais vendidos pela empresa. As investigações apontaram que a ex-funcionária tinha um contrato temporário de trabalho, válido por um ano.

De acordo com as autoridades, a mulher foi liberada após prestar depoimento e o caso irá a julgamento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *