Seja bem-vindo. 20 de maio de 2024 00:51
Previous slide
Next slide

Motorista de app é preso ao fotografar partes íntimas de criança no DF

O suspeito obrigou a criança a tirar suas vestes e fotografou o corpo da garota. Ele foi levado para a 29ª DP (Riacho Fundo)

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, nesta terça-feira (9/1), um homem de 56 anos acusado de tirar fotos das partes íntimas de uma menina de 12 anos durante uma corrida de aplicativo. O suspeito obrigou a criança a tirar suas vestes e fotografou o corpo da garota. Ele foi levado para a 29ª DP (Riacho Fundo).

Além das fotografias, o motorista tentou tocar nas partes íntimas da garota, que não deixou. No mesmo dia, o homem cometeu o crime de extorsão contra a criança. Ele entrou em contato com a vítima e afirmou que, caso a menor não fizesse vídeos íntimos e enviasse para ele, as fotos seriam divulgadas para a mãe e postadas na internet. A garota entrou no carro por aplicativo após a mãe solicitar uma corrida para ela. Durante o trajeto, ele induziu a menina a fornecer seu número de telefone.

Diante do acontecido, foi apresentado, junto ao Poder Judiciário, busca e apreensão na casa do suspeito. Assim, o celular do homem foi localizado e apreendido. Nele constava as fotos das partes íntimas da garota e as ligações feitas para o aparelho eletrônico da garota. A mãe da vítima compareceu à delegacia de polícia e levou as vestimentas e acessórios utilizados pela criança no dia dos fatos, sendo as mesmas que aparecem na foto íntima da criança.

Com a prisão, o autor foi recolhido para a carceragem da PCDF, local em que aguardará a audiência de custódia e será indiciado nos crimes de estupro de vulnerável, extorsão e armazenamento de pornografia envolvendo menor de idade e caso seja condenado, o autor pode pegar até 30 anos de prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *