Seja bem-vindo. 30 de maio de 2024 10:54
Previous slide
Next slide

Mãe encontra no celular do companheiro, vídeos da filha sendo estuprada, em Valparaíso

O acusado teve a prisão preventiva decretada pela justiça mas segue foragido

A Polícia Civil do Estado de Goiás, através da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM) de Valparaíso, concluiu a investigação de estupro de vulnerável ocorrido em fevereiro de 2024, o pedido de prisão preventiva de Cícero de Sousa Ferraz Júnior de 38 anos, foi decretada pela Justiça.

Segundo a delegada Sâmia Noleto a frente do caso, os crimes foram descobertos depois que o acusado resolveu ir tratar do vício de alcoolismo em uma clínica de recuperação e deixou o celular em casa, o homem acusado, é padrasto da vítima 13 anos.

A esposa do foragido, mexendo no celular começou encontrar vídeos do seu companheiro (padrasto) da criança, violentando a menina, rapidamente, a mãe procurou a delegacia onde entregou o telefone para equipe da delegada, diante das informações passadas  pela mãe sobre várias imagens de sexo, a delegada representou ao judiciário pelo pedido de quebra de sigilo de dados que foi deferida e cumprida.

Na memória do celular foram encontradas cenas de sexo do autor com a adolescente de 13 anos, em duas ocasiões distintas.prisão do acusado. O autor sabendo que é procurado e foragido da justiça, a foto do acusado é levada à público de forma que a divulgação se faz necessário para dar cumprimento ao mandado de prisão preventiva já expedido. DENUNCÍE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *