Seja bem-vindo. 22 de maio de 2024 02:40
Previous slide
Next slide

Mãe aciona Interpol para trazer de volta filhas levadas para o Líbano

Segundo professora, ex-marido levou as crianças para o Exterior em visita na Páscoa de 2022. Educadora luta para recuperar filhas

A Organização Internacional de Polícia Criminal, também conhecida como Interpol, foi acionada para ajudar a trazer de volta para o Brasil as filhas da professora Bianca Moreira Carneiro, de 43 anos. As crianças estão no Líbano.

Segundo a educadora, o ex-marido pegou as gêmeas em 2022 para um passeio durante o feriado da Páscoa, mas, na verdade, as levou para o país no Oriente Médio. “A Interpol foi informada. E a inserção do caso foi feita”, contou.

O pai, que é cidadão libanês, foi casado com Bianca, e eles tiveram as duas meninas. Porém, o relacionamento chegou ao fim em fevereiro de 2022.

Em abril de 2022, o ex buscou as meninas em um sábado. “No domingo, já recebi uma ligação por vídeo dizendo que estava no Líbano com elas. Foi aí que começou o meu pesadelo”, relatou.

Segundo a mãe das crianças, o ex-marido conseguiu sair do país com as gêmeas porque uma procuração, assinada por ambos anteriormente, permitia que as garotinhas viajassem com apenas um dos genitores.

“Legalmente, do ponto de vista jurídico, ele não saiu de forma ilegal, mas na procuração constava que as crianças poderiam viajar desacompanhadas de um dos pais, desde que tivesse data marcada para a volta. A passagem de retorno deveria estar emitida, e essa passagem estava emitida para o dia 21 de junho de 2022. A partir do momento que, nesta data, ele não retornou, o ato foi configurado como ilegalidade”, apontou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *