Seja bem-vindo. 25 de fevereiro de 2024 13:00
Previous
Next

Ex senador que estava foragido, suspeito de ter mandado matar a mãe da própria filha, é preso em Goiás.

Segundo o delegado, Telmário foi de avião até Brasília e de ônibus para Goiás. Ex-senador é suspeito de ter mandado matar a mãe da própria filha e era considerado foragido.

O ex-senador de Roraima Telmário Mota, preso em Nerópolis, na Região Metropolitana da capital, é suspeito de ter mandado matar a mãe da própria filha e era considerado foragido. Segundo o delegado André Fernandes, Telmário usou um voo comercial para chegar a Brasília e ônibus para Goiás.

“A gente já tinha a casa que ele estava, ficamos de cumprir o mandado de prisão hoje no período da manhã, só que quando o coronel foi até o local para mandar a localização para equipe que ia fazer a campana, Telmário estava chegando em casa”, detalhou.

À polícia, Telmário disse que chegou a Goiás na última quinta-feira (26) e estava escondido na casa de uma amiga. A prisão aconteceu na noite da última segunda-feira (30), após uma troca de informações entre a PM e a PC.

“Por volta das 21h de ontem, o Coronel Lívio, da Polícia Militar, recebeu a informação sobre o paradeiro do ex-senador. Ele entrou em contato comigo e nos reunimos ontem à noite”, disse.

Durante a madrugada, o ex-senador passou pelos exames necessários após a prisão e deve ser transferido para Goiânia nesta terça-feira (31).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *