Seja bem-vindo. 23 de junho de 2024 20:36
Previous slide
Next slide

Dentista é preso acusado de aplicar golpes em mais de 100 pacientes no DF

Estima-se que ele tenha enganado mais de 100 pacientes, causando um prejuízo de R$ 300 mil

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu em flagrante o dentista João Vitor de Carvalho por exercício ilegal da profissão. As investigações revelaram que ele adulterava imagens de exames radiográficos dos pacientes para simular tratamentos odontológicos. Os policiais cumpriram dois mandados de busca e apreensão autorizados pela 3ª Vara Criminal de Brasília no consultório e na residência do dentista. A investigação foi conduzida pela 2ª DP na quinta-feira (16/5).

Além de exercer ilegalmente a profissão, João Vitor de Carvalho é investigado por lesão corporal simples, lesão corporal qualificada por debilidade permanente de membro, perigo para a vida ou saúde de outrem, e estelionato. Os crimes teriam ocorrido entre dezembro de 2022 e abril de 2023, em uma clínica odontológica na Asa Norte. As vítimas precisaram refazer tratamentos de canal. A adulteração das imagens radiográficas foi confirmada por um laudo pericial odontológico do Instituto de Criminologia (IC) da PCDF.

Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal (CRO-DF) cassou definitivamente a licença profissional de João Vitor de Carvalho, marcando a primeira cassação na história do Conselho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *