Seja bem-vindo. 29 de fevereiro de 2024 18:12
Previous
Next

“Confio na Justiça”, diz agente da PCDF que atirou em delegada

Agente Rodrigo Dias chegou a ser detido por disparo em via pública e lesão corporal, mas foi solto após passar por audiência de custódia

O agente policial de custódia da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Rodrigo Rodrigues Dias se manifestou nas redes sociais nesta sexta-feira (27/12). Em uma publicação em seu status do WhatsApp, o agente policial declarou que “confia na chegada da justiça”.

O homem foi flagrado agredindo uma mulher em um bar de Vicente Pires quando foi repreendido pela delegada Karen Langkammer. O agressor estava armado e acabou atirando no pé da policial. O caso ocorreu por volta de 0h15 da quarta-feira (27/12).

“Os dias passam lentos, as horas machucam como espinhos, mas eu tenho força e confio na chegada da justiça”, publicou o agente Rodrigo. Ele foi detido por disparo em via pública, lesão corporal e vias de fato, mas no mesmo dia passou por audiência de custódia e foi liberado.

Depois de publicar a frase no status, Rodrigo postou um vídeo de um homem, aparentemente um policial, tocando sanfona em frente a uma cruz.

Rodrigo vai ficar afastado da corporação por 30 dias e teve a arma apreendida pela PCDF. A ocorrência foi inicialmente registrada na 8ª Delegacia de Polícia (Estrutural) e depois encaminhada para apuração pela Corregedoria-Geral de Polícia (CGP).

Por meio de nota, a corporação informou ter instaurado procedimento disciplinar para detalhar o que aconteceu e determinar as devidas responsabilidades.

“O servidor está temporariamente afastado de suas funções, pelo prazo inicial de 30 dias, com a suspensão de seu porte de arma, com a devida retenção do armamento”, confirmou a PCDF.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *