Seja bem-vindo. 29 de fevereiro de 2024 18:25
Previous
Next

Com presença de Caiado e Rui Costa, novo PAC é lançado em Goiás

Com presença de Caiado e Rui Costa, novo PAC é lançado em Goiás

Goiás tem três obras prioritárias que serão executadas através do PAC

Aconteceu, nesta quinta-feira, 21, o lançamento do novo Programa de Aceleração do Crescimento para Goiás, o Novo PAC, em Goiânia. Durante o evento, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (UB), falou sobre as três obras prioritárias para o Estado que devem ser beneficiadas com o programa: O Hospital Cora, BRT e a proposta de irrigação de áreas. A solenidade, realizada na Alego, contou com a presença do ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), que falou sobre as novidades do projeto, como o financiamento através de parcerias entre o setor público e privado, além da inclusão dos municípios na apresentação de propostas.

Conforme a apresentação, serão R$ 62,4 bilhões para Goiás, com R$ 9,7 bilhões exclusivos para o Estado e R$ 52,6 bilhões regionais.

O evento foi acompanhado ainda pelos senadores Jorge Kajuru (PSB) e Vanderlan Cardoso (PSD), prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), deputados federais e estaduais.

Como primeiro item da lista de obras a serem concluídas pelo programa está a construção do Hospital Cora, maior unidade pública destinada para o tratamento de câncer do País.

O governo de Goiás solicitou ainda o Bus Rapid Transit (BRT) para ligar Santa Maria Até Luziânia “para facilitar o transporte da população do Entorno de Brasília para a Capital Federal”, diz.

O terceiro item da lista depende ainda de uma dotação orçamentária específica para ser implementada, que é uma proposta das áreas de irrigação. A obra depende ainda da ampliação da rede elétrica nas regiões que serão implantadas.

Em compensação, segundo Caiado, o governo Federal deve ampliar a rede de policlínicas em Goiás, além da construção de três penitenciárias de segurança máxima no Estado. “Depois serão discutidas as obras rodoviárias, nossos três pedidos estão incluídos no PAC”, diz.

Rui Costa disse que o novo PAC foi construído a partir do “diálogo com os governadores e respeito ao pacto federativo”. “O PAC conta com investimentos exclusivamente que alcancem apenas o limite territorial e investimentos que passem ou impactem em estados vizinhos”, aponta.

PAC municípios
Costa adiantou ainda que o PAC será lançado, na semana que vem, para os municípios e consórcios municipais ou interfederativos. “Teremos seleção de projetos para área da saúde, educação, esporte, cultura e cidades”, comenta.

Outra novidade será a forma de financiamento das obras. Costa explica que a maior parte dos recursos serão através de Parcerias Público Privadas (PPP), projeto de concessões públicas para portos, aeroportos e rodovias, além obras de financiamento público. Esse último item será utilizado quando os limites orçamentários forem atingidos. Com isso, o governo irá oferecer financiamento para Estados e/ou iniciativa privada para que elas possam finalizar obras consideradas importantes.

Além disso, outro aspecto considerado importante do projeto é a da sustentabilidade e transição ecológica e energética. “Estamos investindo na infraestrutura da energia para destravar os investimentos da iniciativa privada. Priorizamos obras que tem capacidade de destravar outras obras ou investimentos”, completa.

Rodovias
Para construção, estão previstas: BR-080, BR-070, BR-010- Entr. GO-118 – Div. GO/TO, e Contorno de Goiânia – BR-153, além das pontes sobre o Rio Parnaíba (BR-153/GO) e Rio Araguaia (BR-080/GO). Receberão investimentos para adequação a Travessia Urbana de Formosa (BR-020/GO) e a BR-020/GO. Já a BR-158/GO – Aragarças – Jataí está contemplada com investimentos para restauração. A lista de investimentos para concessões de rodovias é longa:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *