Seja bem-vindo. 29 de fevereiro de 2024 20:03
Previous
Next

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO REALIZA ENCONTRO COM PAIS E FAZ ASSINATURA DE ORDEM DE SERVIÇO DA QUADRA DE ESPORTES DA ESCOLA MUNICIPAL LEOLINO DE JESUS SOARES

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO REALIZA ENCONTRO COM PAIS E FAZ ASSINATURA DE ORDEM DE SERVIÇO DA QUADRA DE ESPORTES DA ESCOLA MUNICIPAL LEOLINO DE JESUS SOARES

Encontro ocorreu para alinhamento do ano letivo, para que os pais e responsáveis possam conhecer seus professores, além de orientações pedagógicas, como funciona a rotina da unidade, entre outros assuntos.
O Governo de Valparaíso de Goiás, por meio de sua Secretaria Municipal de Educação, iniciou a manhã deste sábado (24/02) com uma importante reunião de pais e responsáveis dos alunos da Escola Municipal Leolino de Jesus Soares, no bairro Valparaizo II. O encontro ocorreu em todas as unidades de ensino da cidade para alinhamento do ano letivo, para que os pais e responsáveis possam conhecer seus professores, além de orientações pedagógicas, como funciona a rotina da unidade, entre outros assuntos.

Aproveitando o momento com as famílias, houve ainda a assinatura da Ordem de Serviço com a presença do prefeito Pábio Mossoró e da secretária de Educação, professora Rudilene Nobre, para finalizar a construção da quadra poliesportiva dessa escola que abraça com muito carinho a comunidade do bairro Valparaizo ll.

“Participamos na manhã deste sábado de um importante encontro com a nossa comunidade escolar para o alinhamento do ano letivo de 2024. Quero agradecer a nossa secretária professora Rudilene Nobre por todo o esforço e comprometimento com a educação de Valparaíso de Goiás. Desejo a todos os estudantes, pais, professores e todos os envolvidos na educação, um ótimo ano de 2024. Contem com a nossa gestão”, afirmou o prefeito Pábio Mossoró.

“Isso é a prova do nosso trabalho com responsabilidade e comprometimento. Nosso sábado é de muito trabalho”, disse a secretária de Educação, professora Rudilene Nobre.

GOVERNO MUNICIPAL INAUGURA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NO ESPLANADA V

GOVERNO MUNICIPAL INAUGURA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NO ESPLANADA V

“O bairro Esplanada V hoje é um exemplo da seriedade de nosso Governo com a cidade”, Pábio Mossoró.
O Governo Municipal inaugurou no último sábado, 20, as novas instalações da Escola Municipal Avelino Jove de Abreu, localizada no bairro Esplanada V. A unidade foi reconstruída do zero e ampliada para atender do 1° ano ao 9° ano do Ensino Fundamental.

Construída com um investimento do Fundeb, de quase R$ 3 milhões, a escola conta com 10 salas, refeitório, uma quadra poliesportiva e todos os espaços necessários para o ensino-aprendizagem com condições adequadas e propícias para uma educação de qualidade.

A inauguração contou com a presença de muitos parceiros do Governo Municipal, incluindo a deputada estadual Dra. Zeli, que garantiu recursos para instalação de mais dois novos colégios estaduais no município.

Além da deputada: o presidente da Câmara Municipal, Alceu Gomes; o secretário de Estado da Infraestrutura, Pedro Sales; a secretária municipal de Educação, Professora Rudilene; o secretário de Infraestrutura, Habitação e Serviços, Urbanos da cidade, Marcus Vinicius; vereadores, lideranças comunitárias e, claro, a comunidade que será beneficiada pela nova escola.

“Meu coração é somente gratidão, por ter a oportunidade de viver momentos como esse. Gostaria de agradecer também aos servidores da Secretaria de Educação que se fizeram presentes e deixaram tudo organizado para esse grande momento. A escola ficou linda e digna da população de nossa cidade”, compartilhou a secretária de educação, Professora Rudilene.

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONVIDA POPULAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE TRANSPORTE ESCOLAR EM VALPARAÍSO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONVIDA POPULAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE TRANSPORTE ESCOLAR EM VALPARAÍSO

O encontro é aberto ao público e será realizado no dia 21 de setembro, a partir das 14h, na Câmara Municipal de Valparaíso, no Parque Rio Branco.
O Governo Municipal de Valparaíso de Goiás, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), convida a população para participar da audiência pública para discutir o transporte escolar da cidade.

O encontro é gratuito, aberto ao público e será realizado no dia 21 de setembro, a partir das 14h, na Câmara Municipal de Valparaíso, no Parque Rio Branco.

A Audiência contará com a presença e participação do poder Executivo, por meio da SME, além dos poderes Legislativo e Judiciário. O Governo Municipal valoriza a opinião da comunidade e do processo de expressão indicando os problemas, sugestões e soluções, e por isso, espera a presença de toda a comunidade valparaisense.

A Audiência terá transmissão ao vivo pelo canal do YouTube da TV Câmara.

SERVIÇO:

Data: 21 de setembro (quinta-feira)

Horário: 14h

Local: Câmara Municipal de Valparaíso de Goiás – Rua B, Qd. 06, Lt. 01 e 02, S/N, Parque Rio Branco.

SECOM/PMVG

CAIADO BATEU O MARTELO, E COLÉGIOS MILITARES TERÃO CONTINUIDADE EM GOIÁS

CAIADO BATEU O MARTELO, E COLÉGIOS MILITARES TERÃO CONTINUIDADE EM GOIÁS

Apesar da decisão do governo federal de interromper o funcionamento das escolas militarizadas no país, Goiás permanecerá com suas manutenções, e até expansão.

O governador Ronaldo Caiado, quando participou, em dezembro de 2021, de uma solenidade de formatura de estudantes da 3ª série do Ensino Médio dos Colégios Estaduais da Polícia Militar do Estado de Goiás (CEPMG) dos municípios de Aparecida de Goiânia e Senador Canedo, que ficam na Região Metropolitana da capital, deixou claro a sua admiração, e apoio aos Colégios Militares. “Vocês fazem parte da elite do estado de Goiás. Elite não quer dizer quem tem mais dinheiro ou poder aquisitivo. Elite é quem tem a formação que vocês tiveram e galgaram, hoje, uma formatura no Ensino Médio nas melhores escolas do Estado de Goiás”, afirmou Caiado.

A SEDUC por determinação do governador divulgou ontem mesmo, uma nota pública sobre o tema.

Nota de esclarecimento

A Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc/GO) esclarece que a decisão do Governo Federal de encerrar o Pecim (Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares), anunciada nesta quarta-feira (12/07), não impacta o funcionamento dos CEPMGs (Colégios Estaduais da Polícia Militar de Goiás).

Atualmente, Goiás conta com 76 CEMPGs instalados em todo o estado. Nesse número estão inclusas as então Escolas Cívico Militares de Goiás (ECIMs), que foram desintegradas no início de 2023 e passaram a funcionar como colégios militares.

O primeiro CEPMG, nominado Colégio Militar Coronel Cícero Bueno Brandão, foi criado em 1998 e funcionava nas instalações da Academia de Polícia Militar de Goiás. Em 2000, a unidade foi transferida para a sede do extinto Colégio Estadual Hugo de Carvalho Ramos.

A partir de então, a escola passou a se chamar Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás Hugo de Carvalho Ramos.

Desde então, o número de CEPMGs em Goiás vem sendo ampliado. Somente em maio desse ano, o Governo de Goiás anunciou a implantação de 10 novos CEPMGs, que foram e estão sendo instalados nos municípios de Águas Lindas de Goiás, Bela Vista de Goiás, Cristalina, Cidade Ocidental, Goiânia, Mineiros, Planaltina, Padre Bernardo, Santo Antônio do Descoberto e Silvânia.

A Seduc/GO reforça o êxito dessa parceria com o Comando de Ensino da Polícia Militar de Goiás que, por meio de um ensino pautado pelo civismo e pela cidadania, tem gerado bons resultados para a Educação goiana. A Seduc/GO destaca que não há, por parte da pasta, motivos para o encerramento da parceria e ou descontinuidade dos colégios militares da rede pública estadual de ensino.

Goiás é destaque em educação de tempo integral

Goiás é destaque em educação de tempo integral

Pesquisa da organização Instituto Sonho Grande, que trabalha em colaboração com estados e terceiro setor para melhoria da educação, coloca Goiás no topo do ranking do ensino integral entre 17 estados; meta do Governo de Goiás é levar modalidade a 130 municípios até 2025

O ensino em tempo integral aplicado em 187 unidades escolares de Goiás é destaque no país. A constatação é da organização sem fins lucrativos Instituto Sonho Grande, que realizou a Pesquisa de Acompanhamento e Desenvolvimento do Integral (PADI) em 17 estados brasileiros. Conforme o levantamento, Goiás possui a melhor média geral do país, 62,2%, em uma avaliação que engloba condição de operação, execução do modelo, gestão escolar e percepção da escola.

Os dados são referentes ao ano de 2022 e foram apresentados ao governador Ronaldo Caiado na última semana. “Nós fizemos um esforço enorme e estamos transformando a educação em Goiás. Nada me orgulha mais do que ver os alunos saindo da escola, todos uniformizados, com mochila e material, depois de receber uma merenda escolar de qualidade. Isso me traz uma motivação fora do comum, porque muita gente fala em educação, mas só no discurso. Nós investimos”, comemorou.

A pesquisa também indica que as escolas que ofertam educação em tempo integral tiveram maior percentual de crescimento nas notas do Sistema de Avaliação Educacional do Estado de Goiás (Saego), entre os anos de 2021 e 2022. Em alguns casos, o acréscimo foi de até 8 pontos na avaliação, que mede a proficiência em Língua Portuguesa e Matemática. Já a média das escolas das outras modalidades foi de crescimento de 1 ponto no mesmo período.

Durante a apresentação da pesquisa, a secretária da Educação Fátima Gavioli ressaltou que o ensino em tempo integral está presente em 41 municípios goianos, a meta é chegar a 130 até o ano de 2025. O índice de satisfação dos estudantes e da equipe escolar com a modalidade, que está acima de 70%, serve como motivação para avançar. “Uma escola de tempo integral traz espírito de aprendizagem, oportuniza ao aluno poder decidir seu projeto de vida”, disse.

Pesquisa de Acompanhamento e Desenvolvimento do Integral (PADI) – Instituto Sonho Grande
Goiás em números
62,2% média geral
70,9% índice de satisfação de estudantes e equipe escolar
41 municípios atendidos em 2023

Alfabetização: programa do Governo de Goiás atende quase 300 mil crianças

Alfabetização: programa do Governo de Goiás atende quase 300 mil crianças

Iniciativa inédita é desenvolvida em parceria com municípios para garantir alfabetização na idade correta; índice de alunos com proficiência avançada subiu de 49% para 56% em um ano

O Governo de Goiás realizou, desde 2021, um investimento de R$ 58 milhões em alfabetização, com objetivo de garantir que todas as crianças matriculadas na rede pública saibam ler e escrever até o segundo ano do ensino fundamental. Como resultado, quase 300 mil estudantes foram atendidos e o índice de proficiência avançada saltou de 49% para 56% em um ano.

Os números são referentes ao programa AlfaMais Goiás, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e foram apresentados nesta quarta-feira (17/05) ao governador Ronaldo Caiado. “Nós estamos tendo a oportunidade de transformar a educação pública. E essa é uma meta de vida pra mim”, ressaltou o chefe do Executivo goiano.

Inédita, a iniciativa atende os 246 municípios goianos e já distribuiu 350 mil livros, 144 mil kits escolares, 13 mil kits literários e 40 mil livros para professores. O programa ainda ofereceu formação a 3 mil gestores educacionais e o pagamento de 852 bolsas aos profissionais envolvidos. As ações são inspiradas em um projeto semelhante desenvolvido no estado do Ceará.

Presente na solenidade, o ex-prefeito de Sobral (CE) e diretor da Associação Bem Comum, Veveu Arruda parabenizou o governador Ronaldo Caiado pelos avanços obtidos na educação estadual e contribuiu com observações para aprimorar o programa. “Trouxe sugestões para que o senhor alcance a meta que é fazer com que 100% das crianças de Goiás sejam alfabetizadas”, afirmou.

A secretária da Educação, Fátima Gavioli, divulgou os dados do Sistema de Avaliação Educacional do Estado (Saego-Alfa), obtidos após a avaliação de 67.928 alunos em 2022. Desse total, 56% estavam com o padrão de proficiência avançado, 35% proficiente, 6% no nível básico e somente 3% abaixo do básico. Em 2021, menos da metade dos alunos tinha o padrão de proficiência avançado (49%).

“Uma criança bem alfabetizada, que lê, que interpreta, é uma criança que tem mais facilidade na vida, no Ensino Médio, faculdade, emprego e trabalho. O processo de alfabetização é um alicerce de uma casa bem construída. Quanto mais educação, mais mobilidade social”, destacou a secretária Fátima Gavioli.

Parceria
Embora a educação infantil seja responsabilidade dos municípios, por meio do programa AlfaMais Goiás, o Governo de Goiás auxilia as prefeituras a promover a alfabetização dos alunos na idade adequada. Dessa forma, os estudantes chegam à rede pública estadual, ao final do ensino fundamental, melhor preparados.

Goiás inicia uso de detectores de metais em escolas da rede estadual

Goiás inicia uso de detectores de metais em escolas da rede estadual

As escolas da rede estadual de ensino em Goiás passam a contar agora com o uso de detectores de metais. De acordo com o governo do estado, a medida, que integra a Política Estadual de Prevenção e Combate à Violência Escolar, tem como objetivo reforçar a segurança interna das unidades escolas.

Os equipamentos serão utilizados em todas as escolas da rede estadual e já estão em processo de entrega. Até o momento, cerca de 600 escolas já receberam os itens. A orientação da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) é que seja usado um detector de metal para cada 100 alunos matriculados.

O Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Juscelino Kubitschek de Oliveira, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal (DF), já conta com o novo reforço. No local, 914 estudantes passam pela leitura do equipamento, que facilita a identificação de objetos metálicos como, por exemplo, facas e armas de fogo.

De acordo com o gestor da unidade, Arley Ferreira Alves, a adaptação dos estudantes está satisfatória. “A aceitação foi muito tranquila e a comunidade está gostando dessa ação. Estamos fazendo a verificação esporadicamente, escolhendo alguns dias da semana”, relata ele.

Ainda de acordo com o governo de Goiás, para o uso dos detectores foi feito investimento de R$ 1,8 milhão. Os recursos foram repassados aos Conselhos Escolares das instituições de ensino para que fosse feita a compra dos equipamentos.

Ações pedagógicas
Segundo Arley, o uso dos detectores de metais se soma a outras ações desenvolvidas na unidade escolar e que, de modo geral, visam combater a violência na escola. “Temos grupos do Núcleo Diversificado que trabalha essa questão e grupos de acolhimento. Fazemos revistas periódicas nas mochilas e, como prevenção, instalamos câmeras e portão eletrônico com interfone”, enfatiza o gestor.

Em abril, todas as unidades da rede estadual se uniram na campanha ‘Todos pela Paz’, que consistiu na realização de ações pedagógicas e palestras voltadas ao combate à propagação do ódio e da violência nas escolas. A ação contou com a parceria da Ordem do Advogados do Brasil/Seção Goiás (OAB-GO), Ministério Público de Goiás (MP-GO), Conselho Estadual de Educação (CEE-GO) e Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino (Sepe).

Sem violência
A Polícia Estadual de Prevenção e Combate à Violência Escolar foi estabelecida no último mês de abril. O documento propõe protocolos para promover a segurança nas instituições de ensino públicas e privadas de Goiás, incluindo o uso de detectores de metais.

A Política também prevê a interlocução com as páginas de Internet para a remoção de conteúdos impróprios e que fazem a apologia ao crime, além da responsabilização civil, penal e administrativa do agressor, pais e responsáveis e da execução de campanhas de combate ao bullying no ambiente escolar.

Governo de Goiás convoca mais de 1,2 mil aprovados no concurso da Seduc-GO

Governo de Goiás convoca mais de 1,2 mil aprovados no concurso da Seduc-GO

A convocação foi publicada no Diário Oficial do Estado. Segundo o documento, as nomeações serão divididas em quatro etapas

O Governo de Goiás, na última terça-feira (25/4), convocou 1262 candidatos aprovados no concurso da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). A convocação foi publicada no Diário Oficial do Estado, a partir da página 5. Segundo o documento, as nomeações serão divididas em quatro etapas, sendo que as duas primeiras estão marcadas para maio e junho.

“A posse dos candidatos aprovados no referido concurso se dará de forma eletrônica, no intuito de garantir celeridade e comodidade ao novo servidor. Deste modo, será realizada através do SEI – Sistema Eletrônico de Informações, no qual, o candidato realizará sua posse 100% online, apresentando toda a sua documentação por meio de peticionamento eletrônico de posse”, informa o documento.

 

O candidato convocado que não for servidor do estado deverá realizar o seu cadastro como “Usuário Externo” até o dia 7 de maio, por meio do link; já o candidato que já atua no estado pode usar seu cadastro já ativo no SEI para o peticionamento eletrônico. É necessário, ainda nesta primeira etapa, realizar um pré-cadastro. Para isso, basta enviar o RG e CPF digitalizado para o e-mail cadastro@

goias.gov.br. “Essa etapa de Pré-Cadastramento consiste, adicionalmente, em dar tempo hábil e reforçar a orientação para que o candidato se organize antecipadamente para a etapa seguinte de entrega de documentos”, explica o documento.

Os nomes dos aprovados foram divulgados pela banca organizadora, o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). Confira aqui a relação dos aprovados!

O certame oferta 5.050 vagas no cargo de professor nível III em diversas especialidades e foi constituído por prova objetiva, prova discursiva, perícia médica para candidatos que se declararam com deficiência, além de avaliação de títulos. Compôs as provas objetivas, 80 questões de conhecimentos gerais e específicos, sendo 40 itens cada um.

Aprovados e nomeados receberão ganho mensal de R$ 1.971,69, para carga horária de 20 horas semanais, R$ 2.957,53 para professores que cumprirem 30 horas semanais e R$ 3.943,37 para os profissionais que cumprirem uma jornada semanal de 40 horas. Além do vencimento base, serão acrescidos auxílio-alimentação no valor de R$ 500 e auxílio aprimoramento continuado.

Caiado anuncia detectores de metal nas escolas e autoriza vistoria nas mochilas dos alunos para evitar ataques em colégios de Goiás

Caiado anuncia detectores de metal nas escolas e autoriza vistoria nas mochilas dos alunos para evitar ataques em colégios de Goiás

Anúncio aconteceu após ataque a colégio de Santa Tereza de Goiás, que deixou três alunos feridos.

O governador Ronaldo Caiado (UB) anunciou, nesta terça-feira (11), que vai adotar medidas de seguranças nas escolas. O anúncio aconteceu após um ataque a um colégio de Santa Tereza de Goiás, que deixou três alunos feridos. Conforme o governador, ele vai colocar detectores de metal nas escolas e autorizar vistoria nas mochilas dos alunos.

“Medidas enérgicas no sentido de salvar vidas. Já solicitei à Procuradoria do Estado que elabore o mais rápido possível um projeto de lei tratando desses temas”, falou o governador.

O suspeito de cometer o ataque na manhã desta terça-feira é um aluno, de 13 anos, do Colégio Estadual Doutor Marco Aurélio. Ele foi apreendido, segundo informou a Polícia Civil. O governador falou que os três estudantes não tiveram ferimentos graves e têm o estado de saúde regular.

Nesta tarde, o governador fez uma reunião, que começou às 16h, com representantes de diversos órgãos e unidades do Estado para tratar dos últimos episódios de ataque e ameaças a escolas, bem como de protocolos de segurança, nas unidades de ensino em Goiás.

Entre os participantes, estavam representantes da Secretaria de Educação, Secretaria de Segurança Pública, do Conselho Estadual de Educação e representantes do Tribunal de Justiça e Ministério Público.

Medidas de segurança nas escolas
Dentre as medidas anunciadas por Caiado estão alguns projetos de lei, que serão enviados à Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), para abordar pontos como:

Implantação de detectores de metal nas escolas

Sobre a implantação de detectores de metal nas escolas, Caiado disse que já mandou cobrar os equipamentos.

“Nós já estamos autorizando a compra. Uns acham que teria que botar porta giratória, mas no caso de Blumenau, por exemplo, ele [o suspeito] pulou o muro. Aí você tem que fazer cerca com arame de penitenciária ou cerca elétrica. Daqui a pouco, o pai não sabe se está levando o filho para a escola ou para o presídio”, disse.

Direito a professores e coordenadores de vistoriar mochilas de alunos

Em relação à vistoria das mochilas dos alunos, Caiado lembrou que existe, atualmente, uma decisão que proíbe os coordenadores e professores de fazerem este tipo de vistoria.

“Nós encaminharemos também um projeto de lei à Assembleia Legislativa dando a todos os professores e coordenadores a prerrogativa, sim, de vistoriar a mochila daqueles jovens que estão ali assistindo a aula dentro de qualquer suspeita ou qualquer atitude que venha a chamar atenção”, disse.

Responsabilização dos pais de alunos menores de idade sobre o conteúdo acessado e publicado por eles nas redes sociais

Em relação à responsabilização dos pais, Caiado lembrou que os pais têm o direito de ter acesso a todo conteúdo da rede social de seus filhos.

“Temos a necessidade de responsabilizarmos, neste momento, os pais e as redes sociais. Não é possível mais nos admitirmos que os pais, que sabem muito bem que têm direito de ter acesso a todo conteúdo da rede social de seus filhos, amanhã aleguem desconhecimento do que está ocorrendo. Então os pais terão que ter, não só a responsabilidade, como pagar pela omissão ou conivência pelos crimes cometidos pelos filhos”, disse.

Especialistas

Especialistas ouvidos apontam que a implantação de detector de metal em escolas já é pedida em alguns projetos de lei em tramitação na Câmara dos Deputados. Um deles é assinado pelo deputado Alberto Fraga (PL-DF), que acredita que o equipamento é importante porque “pelo menos, evita que um aluno entre armado até mesmo com uma faca. Material cortante ou arma de fogo será detectado por esse aparelho”.

O principal efeito é impedir que alunos entrem portando armas de fogo ou facas nas dependências da escola. Porém, para que isso se torne viável, é necessário um grande investimento para a compra, instalação, manutenção e operação dos equipamentos.

GOVERNO DE VALPARAÍSO LANÇA O PRESERVAL – PRESERVAÇÃO E VIDA, EM COMEMORAÇÃO AO DIA MUNDIAL DA ÁGUA

A data reforça debates acerca da importância deste bem natural para a sobrevivência de todos os seres vivos.
O Governo Municipal de Valparaíso de Goiás, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou nesta terça-feira (21) um evento em comemoração ao Dia Mundial da Água, o Preserval – Preservação e Vida, no auditório da Secretaria de Educação.

No espaço ocorreram apresentações, exposições e palestras interativas, além do lançamento do projeto “Minha Escola Bem Cuidada”, com a presença de crianças e diretores escolares.

Desde 1992, por determinação da Organização das Nações Unidas, o dia 22 de março é dedicado a celebração do Dia Mundial da Água. A data reforça debates acerca da importância deste bem natural para a sobrevivência de todos os seres vivos.

Participaram do evento, o prefeito Pábio Mossoró, a secretária de Educação, professora Rudilene Nobre, secretários municipais, servidores e vereadores.

“A água é o nosso bem maior. Conversei com a nossa comunidade sobre a importância de preservar e economizar água. Muito obrigado pelo convite em poder participar desse ato em prol do futuro de todos nós”, disse o prefeito Pábio Mossoró.

Fonte: Secon-PMVG