Seja bem-vindo. 22 de maio de 2024 02:29
Previous slide
Next slide

Casal é preso após assaltar e matar motorista de Uber a facadas no DF

Quando o criminoso anunciou o assalto, o motorista começou a rir dizendo que “sempre quis passar por aquilo”, pois achou que era brincadeira

Um casal foi preso na madrugada desta sexta-feira (1º/12) após assaltar e matar o motorista de transporte de aplicativo Vagner de Souza Ferreira, de 39 anos. Os criminosos confessaram o crime e deram detalhes da ação ao serem interceptados pela Polícia Militar de Goiás (PMGO).

Os assaltantes foram abordados logo após o crime, no momento em que fugiam no carro da vítima, um HB 20, cor prata. Segundo os militares, o veículo estava em atitude suspeita, pois transitava em alta velocidade nas redondezas do balão da Santa Maria.

Ao se aproximarem do automóvel, os PMs viram o motorista sem camisa e com as mãos marcadas de sangue. Uma mulher ensanguentada também o acompanhava.

Ao ser interrogada, Márcia Eduarda Alecrim, de 24 anos, informou que é amiga do outro suspeito, Guilherme de Almeida Calixto, de 21. Ela explicou que os dois dividem aluguel em São Sebastião.

De acordo com a mulher, por volta de 22h da quinta-feira (30/11), Guilherme pediu um Uber, em nome dele, para um shopping de Santa Maria, ao mesmo tempo em que ele combinava com outra pessoa para pegar o carro. Ela informou ter entendido que se tratava de um plano de assalto, mas o acompanhou por “insistência” do amigo.

 

Os dois embarcaram no veículo e, quando chegaram ao Shopping de Santa Maria, Guilherme disfarçou e foi mandando o motorista seguir, até chegar a um setor de chácaras. Nesse momento, o criminoso, segundo a mulher, anunciou o assalto. O condutor, no entanto, começou a rir, dizendo que “sempre quis passar por aquilo”, achando que era brincadeira.

Contudo, o assaltante insistiu, e Vagner de Souza Ferreira destravou a porta. Guilherme teria descido e caminhado até a porta da vítima com um simulacro de arma de fogo. Márcia Alecrim afirma que os dois passaram a brigar, mas o autor conseguiu correr, e o motorista teria tentado esfaqueá-la.

Ainda de acordo com a versão da presa, Guilherme voltou e começou a agredir o profissional, desferindo diversos golpes com a faca. Vagner de Souza Ferreira morreu na hora, e o casal fugiu com o carro da vítima até ser abordado pela PM.

O criminoso estava com um corte na barriga e chegou a ser encaminhado ao hospital. Os dois foram presos em flagrante. O latrocínio foi registrado na 20ª Delegacia de Polícia (Gama).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *