Seja bem-vindo. 25 de fevereiro de 2024 12:05
Previous
Next

Briga em prostíbulo motivou triplo homicídio em Samambaia; entenda

Briga em prostíbulo motivou triplo homicídio em Samambaia; entenda

O crime, cometido em 9 de janeiro de 2021, causou comoção nos moradores por tamanha brutalidade. Dois acusados foram presos na manhã desta quarta-feira (30/8)

Uma briga em um prostíbulo resultou no triplo homicídio ocorrido na QR 433 de Samambaia Norte. O crime, cometido em 9 de janeiro de 2021, e que causou comoção na população por tamanha brutalidade, ganha o capítulo final com a prisão de dois homens envolvidos nos assassinatos. Roberto Chaves de Souza e Steven Lacerda Magalhães Ferreira foram presos em uma operação desencadeada na manhã desta quarta-feira (29/8) pela 26ª Delegacia de Polícia.

À época, o triplo homicídio foi noticiado em primeira mão pelo Correio. As três vítimas, identificadas como Ronaldo Silva Santos, Fabrício Fernandes Lopes de Menezes e Francimar Lopes, estavam em um Fiat Tempra, quando foram surpreendidos por criminosos armados. Os três amigos foram baleados e morreram no local. Uma quarta pessoa também foi alvo dos disparos e sobreviveu aos ataques.

HOMICÍDIO
Briga em prostíbulo motivou triplo homicídio em Samambaia; entenda
O crime, cometido em 9 de janeiro de 2021, causou comoção nos moradores por tamanha brutalidade. Dois acusados foram presos na manhã desta quarta-feira (30/8)

INÍCIO
CIDADES DF

Roberto Chaves de Souza e Steven Lacerda Magalhães Ferreira, envolvidos nos assassinatos, foram presos em uma operação desencadeada na manhã desta quarta-feira pela 26ª Delegacia de Polícia – (crédito: Material cedido ao Correio)

Darcianne Diogo
postado em 30/08/2023 09:28
Uma briga em um prostíbulo resultou no triplo homicídio ocorrido na QR 433 de Samambaia Norte. O crime, cometido em 9 de janeiro de 2021, e que causou comoção na população por tamanha brutalidade, ganha o capítulo final com a prisão de dois homens envolvidos nos assassinatos. Roberto Chaves de Souza e Steven Lacerda Magalhães Ferreira foram presos em uma operação desencadeada na manhã desta quarta-feira (29/8) pela 26ª Delegacia de Polícia.

À época, o triplo homicídio foi noticiado em primeira mão pelo Correio. As três vítimas, identificadas como Ronaldo Silva Santos, Fabrício Fernandes Lopes de Menezes e Francimar Lopes, estavam em um Fiat Tempra, quando foram surpreendidos por criminosos armados. Os três amigos foram baleados e morreram no local. Uma quarta pessoa também foi alvo dos disparos e sobreviveu aos ataques.

Ao longo das investigações, a Polícia Civil colheu depoimentos de testemunhas cruciais para a elucidação dos fatos. Uma pessoa contou aos investigadores que tudo teria começado no Bar da Preta, um prostíbulo localizado em Samambaia. A informação era de que Ronaldo, uma das vítimas, se envolveu em uma briga com uma pessoa e trocou empurrões dentro do estabelecimento. A respectiva pessoa seria Roberto, um dos alvos.

Após a briga, Roberto e Steven saíram do bar e passaram a perseguir as vítimas. Os autores entraram em um Fiat Siena no encalço das vítimas e, quando encontraram, efetuaram diversos disparos contra os quatro colegas, sendo que três morreram.

O delegado à frente do caso, Marcos Miranda, explica que o resultado do laudo pericial foi crucial no reforço às autorias já identificadas pelas equipes. O exame revelou que o projétil encontrado no corpo de uma das vítimas foi expelido pelo mesmo cano da arma de fogo utilizada em um homicídio ocorrido em 2020 no Recanto das Emas e que teve Steven como autor.

Outra arma usada no crime teria sido adquirida por Steven no início de dezembro de 2020, um mês antes dos homicídios, segundo revelaram as investigações.

Ainda de acordo com o delegado, Roberto e Steven são conhecidos no submundo do crime, tendo Steven diversas passagens policiais e condenações por crimes de homicídio, enquanto Roberto é constantemente associado aos crimes cometidos por Steven. Os suspeitos foram presos preventivamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *