Seja bem-vindo. 19 de maio de 2024 09:25
Previous slide
Next slide

Ação rápida da polícia militar impede jovem de tirar a vida em passarela de Valparaíso

Tudo foi muito rápido, diz policial que pulou e agarrou a vítima, para mim passou um filme na cabeça, vem a oportunidade de salvar o jovem .

Equipe da policia militar fazia patrulhamento quando pela rua 01 do jardim oriente bairro de Valparaiso na noite de quinta-feira 31/01 por volta das 23h30, quando foi acionada para atender uma ocorrência de tentativa de autoextermínio (suicídio).

A testemunha teria avistado um homem em cima de uma das passarelas de Valparaíso tentando suicídio. um homem de 31 anos subiu em uma das proteções da passarela e ameaçava de jogar, a equipe policial, realizou a aproximação da vítima para convencê-lo a mudar de ideia. 

Em seguida, o Soldado Heitor realizou uma aproximação maior com a permissão da vítima enquanto o sargento Lustosa e soldado G. Inácio ficou prestando apoio na parte inferior da passarela. Depois de muito diálogo e escuta, e diante da recusa do paciente (vítima) em relutar a não querer descer de forma alguma bastante agitado e nervoso completamente fora de si.

Não tendo outra opção para evitar a tragédia, de forma rápida o policial Heitor se atirou na direção da vítima juntamente com o funcionário da VIA 040 e agarrou pelas pernas rapidamente, assim conseguindo tirá-lo da área de risco e evitando que a vítima viesse a tirar a própria vida. 

Após o salvamento e feita a tranquilização da vítima no local, a equipe da VIA 040 prestou o apoio a equipe na remoção da vítima até o hospital do jardim céu azul HMV para receber atendimento médico hospitalar.

prevenção e cuidados 

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), divulga a campanha Setembro Amarelo, que alerta a população sobre o grave problema do suicídio. De 2019 a agosto deste ano, mais de 2,8 mil pessoas tiraram a própria vida no Estado.

Quando se fala em tentativas, o número é quase seis vezes maior, o que coloca o Estado em oitavo lugar no País. A faixa etária com maior número pessoas que cometem o suicídio em Goiás é a de 20 a 59 anos. Dessa forma, a SES-GO divulga e incentiva, por meio de ações, a conscientização sobre esse drama e o diálogo entre as pessoas para salvar vidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *