Seja bem-vindo. 19 de julho de 2024 21:47
Previous slide
Next slide

Suspeitas de planejar morte do ex junto com amiga acabam presas no DF

Caso ocorreu em Ceilândia, em abril. Executada a tiros por dois assassinos na rua, Geves Alves da Silva era ex-marido da mandante do crime

Duas mulheres foram presas nesta sexta-feira (10/11), suspeitas de planejarem a morte de um homem que foi casado com uma delas. Geves Alves da Silva morreu na noite de 16 de abril de 2023, na QNM 18 de Ceilândia. A vítima foi executada por dois homens que passaram de moto na rua onde ele estava.

 

Os investigadores também encontraram imagens de câmeras de segurança que mostraram o carro de uma das envolvidas rondar a casa da vítima, antes e no dia da execução.

 

Além disso, Geves teria cometido violência moral e física contra a ex. Os investigadores também descobriram haver um seguro de vida em nome dele, cujo valor chegou a ser pago à mandante do crime após a morte da vítima.

 

As duas mulheres presas preventivamente não têm antecedentes criminais. Durante o interrogatório na delegacia, ambas ficaram em silêncio. Caso condenadas, elas podem receber penas de até 30 anos de reclusão.

As investigações seguem, a fim de identificar os suspeitos de atirar contra Geves. A 15ª DP pede que, caso alguém tenha informações sobre o caso, entre em contato com a PCDF pelo telefone 197. O sigilo da identidade dos denunciantes é garantido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *