Seja bem-vindo. 19 de julho de 2024 21:20
Previous slide
Next slide

STJ libera da prisão motorista de BMW acusado de furar blitz da PMDF

Na ocasião, passageiro do veículo, um jovem de 24 anos, morreu após levar tiro disparado por policial militar

O motorista de uma BMW acusado de furar uma blitz da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) recebeu autorização para deixar a prisão. O engenheiro e empresário do ramo de construções Raimundo Cleofás Alves Aristides Júnior (foto em destaque), 41 anos, teve o pedido habeas corpus aceito pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e poderá responder ao processo em liberdade.

Raimundo foi preso em 28 de outubro. Na data, após Raimundo fugir da blitz, Islan da Cruz Nogueira, 24, passageiro que estava com ele no carro, acabou baleado por policiais militares e morreu na hora.

A decisão de conceder o habeas corpus partiu da ministra recém-empossada no STJ Daniela Teixeira. O empresário estava preso preventivamente. Porém, para ela, não há elemento concreto que indique risco à sociedade caso Raimundo respondesse ao processo em liberdade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *