Seja bem-vindo. 30 de maio de 2024 09:01
Previous slide
Next slide

Parentes procuram carroceiro desaparecido há 22 dias em Luziânia

Parentes de Paulo Bezerra da Silva (foto em destaque), 60 anos, estão desesperados atrás de informações sobre o paradeiro dele. O carroceiro que trabalha com reciclagem foi visto pela última vez há 22 dias, no Jardim Ingá, em Luziânia (GO).O homem mora sozinho e tinha o costume de visitar diariamente a casa de uma sobrinha, que mora no mesmo bairro que ele. No entanto, os parentes suspeitaram que algo poderia ter acontecido após ele ficar três dias sem contatá-los, no início deste mês.

O único filho de Paulo, que mora em Ceilândia, no Distrito Federal, foi até a casa do pai e precisou arrombar a porta para entrar. Porém, constatou que o homem não havia levado nada consigo, e que nenhum pertence havia sumido.

Ele simplesmente sumiu, não temos a mínima ideia de onde ele esteja. Acreditamos que meu tio deve estar portando apenas a identidade dele. É como se o chão tivesse aberto e engolido ele”, diz a sobrinha, Vanderluce Bezerra, 49 anos.

Um boletim de ocorrência de desaparecimento do carroceiro foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia de Luziânia. Em busca de localizar Paulo, a família tem feito buscas diariamente em hospitais, delegacias e no Instituto Médico-Legal (IML) da cidade.

“Nesse meio tempo, recebemos informações de que ele foi visto em uma parada de ônibus na Cidade Ocidental, na rodoviária do Gama e até que viram ele morto. Porém, quando fomos atrás, não encontramos nada”, conta a sobrinha.

Segundo ela, Paulo não possui nenhum problemas de saúde e não fazia uso de medicamentos. “Procuramos saber até se ele tinha inimizades, mas todos gostavam dele. A gente não tá vivendo. Estamos em pânico.”

Os parentes não sabem a roupa que Paulo vestia quando desapareceu. No entanto, descreveram que o carroceiro é magro, baixo, possui cabelos compridos até a altura do ombro e não tem os dentes superiores.

Quem tiver informações que possam levar ao paradeiro do homem deve entrar em contato com a sobrinha dele por meio do número 61 99229-3041 (Vanderluce).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *