Seja bem-vindo. 30 de maio de 2024 09:04
Previous slide
Next slide

O dilema da oposição em dificuldade na corrida pela prefeitura de Luziânia

O dilema da oposição em dificuldade na corrida pela prefeitura de Luziânia

Dividido entrea falta de compromissos com a população de Luziânia, e a busca por nomes competitivos, o opositores tenta recuperar terreno perdido nas eleições municipais deste ano 2024

Depois de amargar derrota nas urnas em 2020, o deputado Estadual Cristóvão Tormin, tenta dar a volta por cima e aposta na figura de Ana Lúcia, ex-adversária agora aliada, vai entender essa politicagem, o parlamentar e principal cabo eleitoral no grupo contra Diego Sorgatto — durante as eleições municipais deste ano.

Em Luziânia-GO, o grupo de Ana Lúcia caminha para ter candidatura com Eliel Junior, enquanto tenta estreitar os laços com partidos de centro-esquerda, entre eles o principal da vice e PSDB, a qual ela está filiada, sem contar a bagunça de se juntar com ficha suja Waltinho esquerda e direita juntos!? Que bagunça…tudo isso com aval de Cristóvão Tormin o político mais sujo de Luziânia.

O grupo esbarra, contudo, na falta de nomes para a disputa, devido à resistência dos principais quadros da política de Luziânia em conseguir emplacar um nome que superei a alta popularidade de gestor Diego Sorgatto.

O ‘candidato natural’ da oposição para concorrer à sucessão em Luziânia seria o deputado estadual CristóvãoTormin. Ex-prefeito, ele foi candidato a prefeito nas eleições em 2012 e 2016, onde foi prefeito por duas vezes, deixando seu governo marcado por diversas denúncias de corrupção.

Enquanto mais Ana Lúcia, Eliel Junior, Waltinho tenta seguir orientações de Cristóvão Tormin a oposição fica cada vez mais distante da prefeitura de Luziânia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *