Seja bem-vindo. 30 de maio de 2024 10:37
Previous slide
Next slide

Naiara Azevedo diz que sofria violência doméstica quando fez campanha e não contou a ninguém: ‘Não tinha coragem’

Naiara Azevedo diz que sofria violência doméstica quando fez campanha e não contou a ninguém: ‘Não tinha coragem’

Sertaneja contou que não podia contar a ninguém o que estava passando. Fotos anexadas à denúncia mostram os hematomas na cantora.

A cantora Naiara Azevedo revelou em entrevista ao fantástico que sofria violência doméstica quando fez uma campanha no instagram incentivando que mulheres denunciassem agressões e que não contou a ninguém. A sertaneja contou que não tinha coragem de denunciar e que não podia contar a ninguém o que estava passando.

“É uma coisa muito difícil, não julgo quem passa por essa situação, inclusive eu. Eu participei de uma campanha de violência contra a mulher. E eu estava passando dentro da minha casa, não podia falar para ninguém. Na verdade, eu podia. Só não tinha coragem”, revelou Naiara.

Nossa equipe entrou em contato com o advogado Guilherme Capanema, que representa Rafael, neste domingo (3), para solicitar um posicionamento do empresário sobre os pagamento feitos à cantora e Capanema afirmou que prestou esclarecimentos ao Fantástico, onde negou as acusações. Sobre a denúncia de agressão, a defesa disse que Rafael ainda não foi intimado e não tem nada a declarar por enquanto.

A cantora procurou uma delegacia na última quinta-feira (30), para denunciar o ex-marido, Rafael Cabral, por agressões, ameaças e violência patrimonial. Na ocasião, ela contou à polícia que teve equipamentos de um show que faria no Mato Grosso, confiscados e trancados em um galpão, além de ter revelado não ter acesso às informações de suas contas bancárias.

Violência patrimonial
A equipe jurídica de Naiara afirmou que, entre os crimes que ela vem sofrendo por parte do ex-marido, está a violência patrimonial, que está prevista no artigo 7º da Lei Maria da Penha. O g1 conversou com especialistas que explicaram o que significa esse tipo de crime.

“É um crime praticado para se ter o controle sobre a mulher, em cima do patrimônio dela ou do casal. No caso [da Naiara], é o dela”, definiu a advogada Darlene Liberato.
Segundo a artista, nos dois primeiros anos da carreira dela, em 2016 e 2017, ela chegava a faturar até R$ 7 milhões por mês, mas ela recebia apenas R$ 1 mil desse valor. Naiara lembra que, ao pedir mais, o ex-marido dizia que pagava por tudo dela e que a artista não precisava de mais para viver.

“Quando eu falava assim, eu preciso de um cartão, preciso de dinheiro. Sabe o que era falado para mim? Mas você quer dinheiro para que? Você tem tudo. As roupas que você usa, o projeto paga. Sua casa, estamos pagando. Seu carro, estamos pagando. Sua despensa está cheia”, lembrou Naiara.

Naiara também contou à polícia que não tem acesso às informações das contas bancárias, que são movimentadas pelo ex e a família dele. Além disso, afirmou que vários de seus bens, como casas e veículos de luxo não estão no nome dela, e sim de Rafael.

Ela afirma que o patrimônio da família de seu ex-marido foi construído por meio do trabalho dela em conjunto com ele, mas que ela sofreu pressão psicológica e teve o acesso aos “frutos de seu trabalho” dificultado.

Rafael tem 38 anos e é empresário de artistas do sertanejo, conforme divulga em suas redes sociais. Na biografia de uma rede social, Rafael cita o usuário de Naiara Azevedo, porque é empresário dela. Além de outros nomes, como por exemplo, Ícaro e Gilmar, Humberto e Ronaldo e Gabriel Gava.

Durante a madrugada de quinta-feira (30), a cantora procurou a delegacia acompanhada da advogada e registrou dois boletins de ocorrência contra o ex-marido. Em uma das denúncias, Naiara afirma ter sido agredida por Rafael durante uma discussão entre eles, que aconteceu em 7 de julho.

A cantora afirma que Rafael a sacudiu pelos braços, puxou seus cabelos e orelhas e, ainda, lhe deu um soco na mão direita. A violência a deixou com hematomas, que foram registrados pela cantora em fotos.

Naiara relatou também que o ex-marido a ameaçou, afirmando que iria acabar com a vida e a carreira dela e que, depois disso, ela nunca mais iria vê-lo. Os dois foram casados por 10 anos, mas segundo a advogada de Naiara, o divórcio entre a cantora e o ex-marido foi decretado em outubro de 2021.

Cantora diz que teme pela própria vida
No boletim de ocorrências ao qual o g1 teve acesso, Naiara disse à polícia que “em seu nome, Rafael fez um seguro de vida de valor muito alto tendo ele próprio como beneficiário, por isso a declarante teme por sua vida”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *