Seja bem-vindo. 15 de abril de 2024 11:31
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Morre no DF mulher que teve pescoço cortado por linha de cerol

O acidente aconteceu na saída do trabalho de Thaís, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Setor O, Ceilândia

Thaís Nunes de Oliveira, de 30 anos, morreu nesta terça-feira (12), após passar por uma internação por ter tido seu pescoço cortado por uma linha de cerol, em 4 de fevereiro. O acidente aconteceu na saída do trabalho de Thaís, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Setor O, Ceilândia.

A mulher, que era servidora da Secretaria da Saúde (SES-DF), dirigia uma moto quando passou pela linha, que estava esticada na rua.

Uma viatura da Polícia Militar do DF (PMDF) estava no local no momento do acidente. Os policiais realizaram o corro e a levaram ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC).

A 15ª Delegacia de Polícia acompanha o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *