Seja bem-vindo. 26 de fevereiro de 2024 14:24
Previous
Next

Morre jovem que teve 70% do corpo queimado em incêndio no Noroeste

Felipe Bento Nunes Gonçalves, 28 anos, estava internado em estado gravíssimo no Hran desde o dia do acidente, em 6/12

O homem que teve 70% do corpo queimado após um incêndio em um apartamento na Quadra 510 do Noroeste morreu na noite dessa quinta-feira (14/12). Felipe Bento Nunes Gonçalves (foto em destaque), 28 anos, estava internado em estado gravíssimo no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) desde o dia do acidente, em 6/12. A explosão que resultou em fogo no imóvel teria sido provocada por um vazamento de gás .

Devido à gravidade da situação, o primeiro andar ficou destruído e parte da fachada do prédio, danificada. Moradores do condomínio relataram que Felipe vivia uma vida discreta, trabalhava em home office e morava sozinho no apartamento, que era alugado.

Momentos antes de a tragédia acontecer, testemunhas reclamaram de um “forte cheiro de gás”. Apesar da tentativa de funcionários de desligar o sistema de abastecimento para impedir uma explosão, o esforço não surtiu efeito.

Síndica do prédio, Isaura Andrade Silva, 43, disse, à época, que Felipe estava desacordado quando o incêndio começou. Ele foi resgatado graças a uma das zeladoras que trabalha no condomínio. “Não sabemos se tinha tomado remédio para dormir ou se o gás, que estava forte, fez com que desmaiasse”, comentou.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *