Seja bem-vindo. 30 de maio de 2024 08:29
Previous slide
Next slide

Justiça manda soltar pedófilo que ficou conhecido como “AMIGO DO PARQUINHO” em Valparaíso.

A determinação para que seja colocado em liberdade o acusado “Amigo do parquinho”, foi encaminhado ao presídio local nesta sexta feira 19/04.

O Ministério Público do estado de Goiás através da Vara Criminal de Valparaíso, aceitou o habeas-corpus apresentado pela defesa do acusado e determinou que o homem seja solto e responda o processo em liberdade até que se conclua o processo. Na época em que foi preso, Leonardo Alves da Silva 40 anos que ficou conhecido como ” Amigo no Parquinho ”foi o flagrado através de conversas tendenciosos de cunho libidinosos com uma criança de 09 anos em um condomínio da cidade, onde Segundo ele, estaria passando alguns dias na casa da sua tia.

No dia que foi preso pela polícia militar 09/04 o homem brincou com várias crianças no parquinho do condomínio e teria pego o número do telefone de uma das crianças, quando começou a trocar mensagens de cunho sexual foi flagrado pela mãe da criança. Aproveitando da inocência da menina, ele marcou encontro momentos depois de pegar o número da criança para que ambos se encontrassem no parquinho, fato este que foi percebido pela mãe da menina que terminou na prisão do acusado.

Acusado de pedofilia “Amigo do Parquinho” brincou com crianças no condonínio antes de ser preso.

 apurou que no dia do flagrante, a autoridade policial à frente da Central de Flagrantes arbitrou uma fiança no valor de R$7 mil para que o acusado viesse a pagar, como não teria o recurso ele acabou descendo para o presídio local. Já no presídio outro valor foi estipulado pela justiça para que o acusado viesse ser colocado em liberdade mediante fiança, Como também não conseguiu pagar por não se dispor do valor, à justiça então aceitou o habeas-corpus da defesa do acusado alegando que ele não disponibiliza do valor, desta forma o homem foi colocado em liberdade sem pagar fiança e responderá ao processo nas ruas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *