Seja bem-vindo. 30 de maio de 2024 08:23
Previous slide
Next slide

Justiça condena trio que sequestrou e torturou empresário no DF

Vítima foi sequestrada pelos réus em julho de 2023. Ela foi resgatada por equipes da PCDF em um posto de combustíveis na região do Paranoá

A 1ª Vara Criminal de Samambaia, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), condenou Janaína Carvalho Rodrigues, Paulo Ferreira Gois e Antonio Chaves Freires Junior pelo sequestro de um empresário em julho de 2023. O homem foi mantido em cativeiro e torturado durante quatro dias.

À época, a PCDF informou que a vítima tinha sido atraída para uma armadilha. No percurso, o empresário foi rendido por quatro pessoas, sendo três delas encapuzadas. O homem acabou levado a um cativeiro, onde permaneceu amarrado e com os olhos vendados.

No local, o empresário era espancado diariamente para que passasse senhas bancárias e entrasse em contato com parentes para negociação do pagamento do resgate. A polícia não divulgou os valores roubados pelos sequestradores

“Os criminosos tiveram acesso ao saldo bancário da vítima e viram que ele guardava uma grande soma de dinheiro. Passaram a exigir o repasse dos valores. Fizeram compras e transferências”, disse na ocasião o delegado Leandro Ritt.

A vítima foi localizada e resgatada durante uma ação cinematográfica em um posto de combustíveis na região do Paranoá.

Após identificados, Paulo e Antonio foram presos. Janaina segue foragida. Apesar disso, foi representada por um advogado durante as fases do processo.

No fim de abril, a juíza de direito substituta Verônica Capocio julgou procedente o pedido do Ministério Público e condenou os réus.

Conforme a sentença, Paulo deverá cumprir 38 anos, 1 mês e 17 dias de reclusão. Ele também foi condenado a 38 dias-multa, calculados à razão de 1/30 do salário-mínimo vigente à época dos fatos.

A pena de Antonio e Janaina ficou definida em 29 anos e 20 dias de reclusão, além de 23 dias-multa.

Os réus foram condenados, ainda, ao pagamento das custas processuais. Todos deverão cumprir a pena em regime inicial fechado.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *