Seja bem-vindo. 26 de fevereiro de 2024 14:32
Previous
Next

Governo de Goiás convoca mais de 1 mil aprovados em concursos de Segurança Pública e Educação

Governo de Goiás convoca mais de 1 mil aprovados em concursos de Segurança Pública e Educação

Novos servidores são 500 soldados da Polícia Militar e 250 do Corpo de Bombeiros. Além de 314 professores da rede pública estadual.

O Governo de Goiás convocou 250 soldados de 2ª classe do Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO) e 314 professores da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) que foram aprovados em concursos de Segurança Pública e Educação. Os decretos foram publicados nesta quinta-feira (31), no Diário Oficial do Estado (DOE).

Segundo a gestão, a convocação de 500 soldados de 2ª classe da Polícia Militar de Goiás (PMGO) será publicada nesta sexta-feira (1). No total, 1.064 aprovados em concursos de Segurança Pública e Educação irão reforçar o efetivo.

A nomeação dos soldados da PM faz parte da segunda etapa, de um total de três nomeações referentes ao concurso público que ofertou 1.670 vagas para os cargos de cadete, segundo-tenente e soldado de 2ª classe. Em maio, o governador Ronaldo Caiado (UB) convocou os primeiros 863 novos concursados do processo seletivo.

Já os 250 novos bombeiros representam metade dos 500 alunos soldados aprovados no último concurso realizado pelo Governo de Goiás para reforçar o efetivo da corporação. Na próxima segunda-feira (4), os convocados iniciam o Curso de Formação de Praças, no Comando da Academia e Ensino Bombeiro Militar (CAEBM), em Goiânia. Dividido em dois editais, o certame também selecionou 40 alunos soldados músicos, 60 cadetes, 6 médicos e 6 odontólogos.

Educação
Na série de nomeações autorizadas, Caiado convocou os últimos 314 professores da rede pública estadual, de um total de 1.262 aprovados. Os selecionados foram divididos em quatro turmas por conta de cronogramas específicos para a apresentação de documentos, perícia médica, nomeação e posse. As vagas são para Professor Nível III, que corresponde a profissionais pós-graduados na área da Educação.

Os docentes serão lotados na rede, composta por mil instituições de ensino que atendem mais de 500 mil estudantes do Ensino Fundamental, sobretudo do 6º ao 9º ano, do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *