Seja bem-vindo. 24 de junho de 2024 03:47
Previous slide
Next slide

Farmacêutico que se passava por Médico é preso em Cidade Ocidental

Durante a operação, a polícia civil de cidade ocidental, descobriu que o farmaceutico exerce ilegalmente a atividade de médico, prescrevendo receituários de controle especial.

Na manhã de 23/05/2024, Policiais Civis da Delegacia de Polícia de Cidade Ocidenal deflagraram operação para o cumprimento três de mandados de busca e apreensão em duas farmácias e um endereço residencial, ocasião que terminou na prisão em flagrante de um farmacêutico pelos crimes de falsificação de documento particular e contra as relações de consumo. Após denúncias de que um farmacêutico e proprietário de farmácias neste Município exercia ilegalmente a atividade de médico, prescrevendo receituários de controle especial, foi instaurado um inquérito policial para apuração dos fatos.

As atividades investigativas, decobriu-se que o investigado possuía um consultório dentro de uma de suas farmácias, onde realizava anamnese dos pacientes e prescrevia todos tipos de medicamentos. Para os medicamentos de que necessitam de receituário de controle especial, utilizava carimbos em nome de médicos e falsificava assinaturas. com a representação da Autoridade Policial e deferido pelo Poder Judiciário, foi realizada a busca nos endereços, ocasião que terminou em apreender grande quantidade de receituários de controle especial em branco, receituários de controle especial contendo carimbo e assinaturas falsificados e um carimbo com nome e CRM de médico. Nos computadores utilizados na farmácia existiam diversos modelos de receituário de controle especial que eram utilizados pelo investigado para realizar a falsificação.

Durante as buscas em uma das farmácias, a equipe policial encontrou remédios vencidos e expostos para venda. Diante de tal fato, foi acionada a vigiliância sanitária para as providências necessárias na esfera administrativa. Enquanto as equipes cumpriam as diligências, compareceu na farmácia uma testemunha que relatou ter se consultado com o investigado na noite anterior. Relatou que, após a consulta, recebeu uma receita de antibiótico e apresentou os medicamentos comprados na própria farmácia. Cumpre ressaltar que referido medicamento demanda receituário de controle especial.

Após a prisão em flagrante, o preso foi encaminhado ao hospital para confecção de relatório médico e entregue à Polícia Penal do Estado de Goiás, à disposição da justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *