Seja bem-vindo. 2 de março de 2024 00:43
Previous
Next

Dupla que matou membro de gangue rival na frente da mãe é condenada

A vítima foi morta com disparos de arma de fogo, em 2016. O crime teria ocorrido no contexto de guerra de gangues

O Tribunal do Júri e Vara de Delitos de Trânsito de Sobradinho condenou João Pedro Alcântara e Flávio dos Santos Luz Junior a 18 anos e 9 meses de reclusão, em regime fechado, pelo crime de homicídio qualificado praticado contra um integrante de uma gangue rival. O crime foi cometido em 2016, em Sobradinho II.

Segundo a denúncia do Ministério Público, no dia 28 de setembro daquele ano, a vítima, identificada como Maiko, e a mãe dela seguiam a um quiosque quando avistaram um veículo com quatro ocupantes.

 

A mãe de Maiko teria reconhecido os réus. Ao se aproximarem de um beco, a mulher e o filho foram surpreendidos pelos acusados, e Flávio disparou contra Maiko, que morreu no local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *