Seja bem-vindo. 21 de abril de 2024 01:32
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Distribuidora de Bebidas é alvo de operação policial no J. ingá.

Durante revista no estabelecimento foram apreendido uma arma de fogo e produtos de venda proibida.

No dia 27 de março de 2024, a Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do GEPATRI de Luziânia e Polícia Técnico-Científica e Equipes da Equatorial, conseguiram cessar o furto de energia de uma distribuidora de bebidas no Distrito do Jardim Ingá.

As investigações pelos Policiais Civis demonstraram que o local possuía freezers de alta potência e câmaras frias, com alto consumo de energia, porém a ligação era clandestina, direta da rede sem passar pelo medidor de energia elétrica.

Para além desta constatação pela Equatorial e pelo Perito da Polícia Técnico-Científica, o proprietário da Distribuidora de Bebidas, também responderá por contrabando, devido à comercialização de cigarros eletrônicos (PODs e VAPEs), o que é proibido pela Anvisa desde o ano de 2009, para além disso havia cigarros provenientes do país vizinho, Paraguai, também contrabandeados.

Nas buscas, os policiais indagaram se havia arma no local, o proprietário falou que tinha e que estaria na gaveta do balcão, tratava-se de uma pistola cal. 9mm municiada e a pronto emprego. Para além desta situação, havia mais munições em sua caminhonete de cal. 38 SPL. 

Uma vez que restou comprovado que a arma estaria em local diverso do registro e que estava sendo usada para transitar sem as guias devidas, houve autuação por porte ilegal de arma de fogo por duas vezes, em razão da arma e das munições no carro. 

Agora o autuado se encontra preso no estabelecimento de detenção provisória de Luziânia à disposição da Justiça, sendo incabível arbitramento de fiança devido à soma das penas que ultrapassam 04 (quatro) anos de prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *