Seja bem-vindo. 24 de junho de 2024 04:36
Previous slide
Next slide

Caiado empossa novo Comando-Geral da PM e anuncia incremento no efetivo

Caiado empossa novo Comando-Geral da PM e anuncia incremento no efetivo

Garantir a continuidade da queda dos índices de criminalidade no estado é a principal missão do novo comandante-geral da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), coronel Marcelo Granja, empossado nesta segunda-feira (25/03) pelo governador Ronaldo Caiado. “O estado do crime não existe mais em Goiás e não vai florescer jamais enquanto estiver à frente do Governo”, disse Caiado durante a transferência de cargo, realizada no Comando da Academia de Polícia Militar, em Goiânia. Ele ainda anunciou o ingresso de 500 novos militares na corporação ainda esta semana.

Granja sucede o coronel André Henrique Avelar de Sousa, que exercia o comando-geral da PMGO desde abril de 2022. Homenageado no evento, ele passa à reserva remunerada da corporação após 33 anos de atuação. “Cumprimento por esses cinco anos e três meses ao meu lado. Tem meu respeito pela sua capacidade, inteligência e altivez ao comandar nossa Polícia Militar”, elogiou o governador, que estava acompanhado do vice-governador Daniel Vilela.

O coronel Marcelo Granja é considerado um policial experiente e qualificado. Antes de chegar ao comando da PMGO, chefiou o Batalhão de Choque e os comandos de Missões Especiais, Operações do Cerrado e Policiamento da Capital, entre outros cargos. “Vamos ter uma atuação forte, mantendo e até diminuindo ainda mais os índices criminais. Vamos trabalhar com inteligência e ações estratégicas, com deslocamento das tropas para zonas quentes de criminalidade”, explicou.

Ao passar o cargo, coronel André Henrique Avelar destacou a ação efetiva da corporação com a redução significativa de todos os índices criminais. “Temos uma tropa que atende todo estado de Goiás, com aparato e armamento de excelência. São homens e mulheres aguerridos, combativos, corajosos, audazes no combate à criminalidade. E que vão continuar firmes junto ao coronel Granja, que passou por vários comandos operacionais e, portanto, reúne condições de exercer a nova missão”, concluiu.

Efetivo

Durante a troca de comando na PM, o governador Ronaldo Caiado também anunciou que entre quarta-feira (27/03) e o fim desta semana.

Guarda Civil Municipal de Luziânia recebe novas viaturas

Guarda Civil Municipal de Luziânia recebe novas viaturas

O município recebeu 5 novas veículos que serão utilizados pela Guarda Civil Municipal, Guarda Patrimonial e Defesa Civil. Também foram entregues duas motos que serão utilizadas para realização de rondas no Parque Ecológico da cidade.

O evento de entrega aconteceu nesta quinta-feira (29), em frente ao Centro de Convenções, e contou com a participação do secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Elias Vaz. Das novas viaturas, três foram doadas pelo Ministério por meio do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI 2).

Na cerimônia, o prefeito Diego Sorgatto ressaltou a importância das entregas e afirmou que tem dialogado com o Ministério da Justiça para que Luziânia seja contemplada com novos equipamentos e veículos: “Ninguém faz nada sozinho e nós estamos em sintonia com o secretário Elias Vaz e o Ministério da Justiça para que possamos participar dos editais e assim trazer novas aquisições para o município na área da Segurança Pública”, afirmou.

Além da entrega das viaturas, foi anunciada a liberação de R$ 5 milhões de emenda parlamentar oriunda do mandato do senador Jorge Kajuru. O recurso será investido no custeio da saúde no município.

Governador Ronaldo Caiado ressalta resultados de integração entre policiais em Goiás

Governador Ronaldo Caiado ressalta resultados de integração entre policiais em Goiás

Operação Desmantelo prende 20 suspeitos de roubar e desmanchar veículos em Goiás

Uma ação integrada entre as polícias Civil, Científica e Rodoviária Federal, com apoio do governador Ronaldo Caiado, desarticulou uma quadrilha que roubava carros em São Paulo e vendia as peças em Goiânia. A operação, que começou na terça-feira (23/01), cumpriu 35 mandados de prisão e 118 de busca e apreensão.

Foram apreendidos cinco caminhões baú com peças de cerca de 50 veículos roubados, além de nove armas de fogo e 17 carros usados pelos criminosos. O governador elogiou o trabalho conjunto das forças policiais e afirmou que a segurança pública é uma prioridade do seu governo.

REUNIÃO DA GGI-M APRESENTA ÓTIMOS ÍNDICES DE COMBATE À CRIMINALIDADE EM VALPARAÍSO

REUNIÃO DA GGI-M APRESENTA ÓTIMOS ÍNDICES DE COMBATE À CRIMINALIDADE EM VALPARAÍSO

Encontro é um canal de conexão de todos os órgãos de segurança pública do município de Valparaíso, com o Governo Municipal e a sociedade civil.
Nesta terça-feira (25 de julho) foi realizada uma importante reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), na sede da Escola de Governo, no Parque Rio Branco. O encontro é um canal de conexão de todos os órgãos de segurança pública do município de Valparaíso, com o Governo Municipal e a sociedade civil.

A reunião contou com a presença da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, além das forças de segurança e de fiscalização do município e secretários de todas as pastas da cidade. São apresentados dados, estatísticas de segurança e mostrados os resultados.

“Parabenizo todo o trabalho técnico das nossas forças de segurança, tivemos ótimos números nesse quesito, com reduções e combate à criminalidade. O bom momento garante o bem-estar, a proteção e muito mais tranquilidade às famílias valparaisenses. Contem sempre com a atenção e os esforços da nossa gestão para assegurar estrutura ao setor. Muito obrigado pelo empenho e trabalho integrado em nosso município. Vamos melhorar ainda mais”, disse Pábio Mossoró, prefeito de Valparaíso de Goiás.

O GGI-M atua no limite territorial do município e dessa forma, cada órgão dentro da sua atribuição busca atingir os resultados estimados na redução de índices criminais do município e na promoção de outras iniciativas essenciais para garantir o bem-estar dos valparaisenses.

Esses números foram divulgados por uma recente pesquisa. A cidade de Valparaíso de Goiás e todo território goiano apresentaram ótimos índices de segurança. De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta quinta-feira (20/07) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, aponta que não há nenhuma cidade goiana entre as 50 mais violentas do país, segundo a taxa de mortes violentas intencionais.

Durante o aniversário da cidade, foi realizado entre os dias 14 e 17 de junho, o “Valparaíso Rodeio Show”. O rodeio e os shows de sertanejos atraíram cerca de 10 mil pessoas por dia na megaestrutura montada atrás do Shopping Sul. Não houve casos de violência ou registro de roubos durante os quatro dias de eventos, considerado um sucesso na organização e segurança pública.

Manú Rodrigues, na condição de vice-presidente Conselhos Comunitários de Segurança (CONSEGS), participou da reunião tratou do Projeto Estruturar para Humanizar e do Projeto Segurança nos Comércios

Manú Rodrigues, na condição de vice-presidente Conselhos Comunitários de Segurança (CONSEGS), participou da reunião tratou do Projeto Estruturar para Humanizar e do Projeto Segurança nos Comércios

Consegs difundem políticas de combate aos crimes nas cidades e permitem a participação da população na gestão de segurança pública

Mais uma reunião do Conselho Municipal Comunitário de Segurança foi realizada na manhã desta sexta-feira (06) no Auditório da Câmara Municipal de Valparaíso de Goiás. Segundo às autoridades, a reunião é uma forma de fortalecimento do conselho entre a prefeitura e as diversas entidades representativas do município na segurança do Estado.

“Renovo o convite aos presidentes dos bairros a participarem, pois sem eles, não conseguimos saber das solicitações e anseios da população e tentar resolver os problemas com urgência, Unidos podemos fazer mais pela nossa cidade”, disse Manú.

Os CONSEGS municipais juntamente com o Ministério Público e as forças de segurança do estado de Goiás realizaram o evento que tratou do Projeto Estruturar para Humanizar e do Projeto Segurança nos Comércios.

Como Vice Presidente do 2° CONSEG de Valparaíso, agradeceu a presença de todas as autoridades, Comerciantes e da comunidade em Geral.

 

Entre elas o Prefeito Pabio Correia; Secretária do Entorno do DF Sra. Maria Caroline; Promotores de Justiça Dr. Marcelo Miranda, Dr. Diego Braga e Dr. André Luis; Presidente da Câmara Municipal Vereador Flávio Lopes; Delegado Rafael Abrão; Tenente Coronel PM Arantes; Major PM Chiericato; Dr.José Zito Presidente da OAB, além de representantes dos legislativos Federal, Estadual e Municipal, secretários municipais, Corpo de Bombeiros Militar, Polícias Civil, Militar, Penal e Científica, OAB, Associação Comercial, Conselho Regional de Contabilidade, Guarda Civil de Valparaíso e sociedades organizadas.

As autoridades policiais procuram voluntários na comunidade, com espírito de liderança e comprometimento com a população. Participam também das reuniões dos conselhos representantes dos poderes públicos, das entidades associativas, dos clubes de serviço, da imprensa, de instituições religiosas e de ensino, de organizações da indústria, do comércio, de prestação de serviços, além de líderes comunitários que residem, trabalham ou estudam na região. Além das reuniões mensais, os Consegs realizam campanhas educativas com grupos de pessoas do mesmo bairro ou município que constituem os conselhos.

Pistolas compradas pela PMDF dão defeito, e polícia aciona fornecedora

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) abriu processo administrativo contra a empresa tcheca Ceska Zbrojoka, conhecida como CZ, por possível descumprimento de cláusulas contratuais. A companhia vendeu 11.550 pistolas para policiamento ostensivo em 2020, no valor de R$ 17,4 milhões, mas a corporação percebeu problemas recorrentes nos armamentos.

Foram adquiridas pela PMDF pistolas semiautomáticas de 9mm – 5 mil delas em tamanho padrão, 6 mil compactas e 550 subcompactas, todas do modelo P-10. A fabricante de armamentos é representada no Brasil pela empresa HFA Importação e Distribuição de Produtos de Segurança, baseada em Aparecida de Goiânia (GO) e que atua sob o nome fantasia de CZ Armas do Brasil.

Na portaria que abriu o processo administrativo, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), a PM afirma que os problemas acontecem “em especial no pino 31 e também na rampa de acesso à câmara de pistolas que precisam de polimento, ocasionando falha de carregamento e pane de trancamento”. Ainda de acordo com a publicação, os defeitos elevaram “e muito” a demanda do Centro de Material Bélico da Força.

A compra das armas com a empresa tcheca foi celebrada no Contrato nº 72, de 2020, e foram gastos pouco mais de R$ 17,4 milhões com a aquisição. Questionada, a PMDF informou que cada arma custou R$ 1.480, no entanto não especificou quantas unidades do montante adquirido apresentaram defeito até agora. Já a empresa afirma que apenas 26 pistolas.