Seja bem-vindo. 22 de maio de 2024 01:47
Previous slide
Next slide

Agora de tornozeleira, advogada alvo do STF foi homenageada na CLDF

Advogada presa em investigação do STF relacionada ao 8 de Janeiro e agora solta, com tornozeleira, foi homenageada na CLDF em agosto

A advogada Margarida Marinalva de Jesus Brito, presa em investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) relacionada ao 8 de Janeiro e agora em liberdade provisória, com tornozeleira eletrônica, já chegou a receber uma honraria da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Há dois meses, a “doutora Nalva”, como é conhecida, foi agraciada com uma moção de louvor em comemoração ao Mês do Advogado.

Uma cerimônia oficial na Câmara Legislativa entregou centenas de moções de louvor a advogados que, segundo o texto aprovado pelos deputados, prestam “relevantes serviços” à população do DF. O evento aconteceu em 28 de agosto, mês da criação dos dois primeiros cursos de Direito do Brasil, e pouco antes da “doutora Nalva” acabar presa.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *