Seja bem-vindo. 23 de junho de 2024 17:13
Previous slide
Next slide

Vídeo ; Com menos de um ano de Tarifa Zero, ônibus do Programa é Vadalizado em Luziânia, policia investiga o caso.

A polícia irá investigar se o crime está ligado ao fato de se tratar de ano que ocorre eleição, e a possível participação de adversários do prefeito tentando prejudicá- lo se tratando de adversários políticos.

A delegacia especializada no combate aos crimes relacionado aos patrimônios Gepatre de Luziânia irá investigar para chegar aos autores de danificar um dos ônibus do programa tarifa Zero que ficou parcialmente destruído depois de sofre um ataque de vândalos, como mostra o vídeo, além de parte do acento arrancado e quebrado, os vidros foram danificados com corretivos.

 

O vídeo postado na rede social do prefeito Diego Sorgatto (UB) de Luziânia mostra o triste cenário cometido por alunos que parcialmente destruíram um dos ônibus recém-chegados na cidade do programa Tarifa Zero implantado pelo prefeito. No vídeo postado no Instagram do prefeito é possível ver que além de arrancar os estofados os acusados ainda utilizaram corretivo escolar para escrever nos vidros do transporte.

Na rede social, seguidores do perfil no Instagram do prefeito manifestaram suas indignações se solidarizando contra a ação criminosa danificando o bem público que ainda oferece aos moradores transporte com tarifa zero.

Em um dos comentários deixados na página do prefeito, a moradora da cidade chega dizer, ‘’ deveria deixar esses estudantes andarem a pé para chegar até a escola, porque tentam ajudar a facilitar as coisas para eles mas o presente é a destruição’’. O vídeo gravado não menciona o dia nem hora e nem quem seria os acusados de cometer o ato de vandalismo contra o bem e patrimônio público dos moradores, que a menos de seis meses foi colocado à disposição da população como programa Tarifa Zero que virou destaque nacional.

Em seu Instagram, o prefeito Diego Sorgato lamentou e expressou sua revolta: “ é lamentável que algumas pessoas tenham infelizmente esse tipo de mentalidade, pois além de depredar o patrimônio público está também atrapalhando a vida de outros usuários do transporte público do Tarifa Zero. As ações são criminosas e não ficaram impunes, disse o prefeito.

A polícia também irá investigar se o crime está ligado ao fato de se tratar de ano que ocorre eleição, e a possível participação de adversários do prefeito tentando prejudicá- lo por se tratando de adversários políticos.