Seja bem-vindo. 25 de julho de 2024 00:00
Previous slide
Next slide

Pai atingi filho com “facãozada na cabeça” após discussão por som alto em Valparaíso

Caso foi registrado como tentativa de homicídio e agora e será investigado pela Polícia Civil

O pai de um homem de 43 anos de idade é acusado de acertar o filho com um facão na cabeça após uma discussão por conta de som alto na noite do último sábado (20/07) na cidade de Valparaíso de Goiás, na região do Entorno do Distrito Federal (DF). O caso aconteceu por volta das 21h30, quando a vítima estava em casa ouvindo música em sua casa, a residência do filho fica no mesmo lote da casa do pai. Em um determinado momento, o pai teria pedido para o homem abaixar o som com o uso de um facão.

Neste Momento uma Discussão por som alto virou briga com golpe de facão, a vítima acatou o pedido e abaixou o volume. No entanto, o pai não gostou da forma como foi tratado e foi para cima do filho que tentou se defender arremessando uma cadeira no homem. Os dois se atracaram e nesse momento o pai teria acertado o facão no filho. No entanto, o pai alega não saber se acertou efetivamente o objeto na cabeça do filho ou se ele se feriu após bater a cabeça contra a quina do azulejo.

 

O Pai foi preso com a chegada da polícia militar, a vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal de Valparaíso, onde teve que dar pontos no ferimento. O suspeito da agressão foi encaminhado para a Central de Flagrantes onde sustentou a afirmação de que usou o facão após ter sido ameaçado pelo filho. O caso foi registrado como tentativa de homicídio e agora e será investigado pela Polícia Civil.

Vídeo flagra momento em que homem rendido por PMs é baleado em Valparaíso

Rodrigo Alves Pinto, 29 anos, passava por um comércio no centro da cidade quando foi abordado por uma equipe da Polícia Militar de Goiás

Polícia Civil de Goiás (PCGO) investiga abordagem policial que deixou um suspeito gravemente ferido após ele tentar tomar a arma de um policial militar. Em luta corporal com dois policiais, o homem acabou baleado duas vezes, quando já estava no chão. O caso ocorreu nesta quarta-feira (28/2), em Valparaíso

Rodrigo Alves Pinto, 29 anos, passava por um comércio no centro da cidade quando foi abordado por uma equipe da PM. Durante a revista pessoal, o homem conseguiu pegar a arma de um dos militares. Pelo menos dois policiais e o suspeito rolaram no chão e lutaram para ficar em poder da arma. Em determinado momento, ocorreram dois disparos, que atingiram Rodrigo.

Após ser baleado, o suspeito foi levado a uma unidade hospitalar da cidade e, devido à gravidade dos ferimentos, acabou sendo transferido para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF), onde passou por procedimento cirúrgico.

Rodrigo Alves Pinto estava em liberdade condicional e responde a dois processos criminais relacionados ao tráfico de drogas, em um deles há sentença transitada em julgado. Em outro, o homem chegou a cumprir 1/3 da pena e ganhou liberdade condicional.