Seja bem-vindo. 25 de julho de 2024 00:21
Previous slide
Next slide

Após morte na Epia, deputado pede redução de velocidade na Estrutural

Velocidade deve ser reduzida até que sejam instaladas muretas de proteção na via Estrutural, na Epia Sul. Um homem morreu na última 3ª

Após uma caminhonete bater de frente com um ônibus na Estrada Parque Indústria e Abastecimento Sul (Epia Sul) e um homem morrer, o deputado distrital Max Maciel (Psol) acionou a Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob) para reduzir a velocidade da via, na altura da Estrutural. O acidente, que ocorreu na última terça-feira (2/1), chamou a atenção dos parlamentares para outras vias do DF, como a Estrutural.

A ideia é que se reduza a velocidade permitida até que sejam instaladas muretas de proteção no local. De acordo com o ofício da Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana do Distrito Federal, há aumento de 40% de riscos de acidente em período de chuvas.

“A singularidade do ambiente viário, caracterizado por interseções complexas e condições variáveis, reforça a necessidade premente de adaptação da velocidade máxima permitida”, conforme destaca o documento.

No texto, a comissão também solicitou o cronograma para instalação de meio-fios muretas de proteção (guard rail), sinalizações – horizontal e vertical – e paradas de ônibus de transporte público coletivo na Epia.

A rodovia recebe cerca de 100 mil motoristas diariamente.

Questionada sobre a possibilidade de reduzir a via, a Semob informou que a Epia é de responsabilidade do Departamento de Estrada de Rodagem (DER).

Já o DER respondeu que o ofício é direcionado à Semob, que é o órgão executivo rodoviário de trânsito do Distrito Federal.