Seja bem-vindo. 1 de março de 2024 23:29
Previous
Next

Secretária alerta que boletos de IPVA pelo correio são falsos: “Não paguem”

O boleto verdadeiro deve ser gerado somente no site oficial do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) pelo próprio contribuinte, no aplicativo do Detran-GO ou nas unidades do Vapt Vupt

A secretária de Economia de Goiás, Selene Peres, alertou sobre possíveis golpes aplicados no pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2024. De acordo com ela, os contribuintes não devem pagar boletos que chegam pelos correios, porque são falsos. O boleto verdadeiro deve ser gerado somente no site oficial do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) pelo próprio contribuinte, no aplicativo do Detran-GO ou nas unidades do Vapt Vupt.

Dentro do portal, ele deve optar pela forma de pagamento que melhor se encaixar. O calendário para o pagamento do IPVA em Goiás foi divulgado pela Secretaria de Estado da Economia, na manhã desta sexta-feira (22). O pagamento poderá ser feito de três formas diferentes, sendo uma delas a possibilidade de pagar o valor total na data da primeira parcela de janeiro, com benefício de 7% de desconto.

“Os boletos do IPVA tem que ser gerados exclusivamente pelo aplicativo do Detran-GO ou então retirados nas unidades do Vapt Vupt. Isso é muito importante dizer, porque a gente sabe que existem fraudes, boletos que são emitidos por pessoas inidôneas. O próprio contribuinte acessa o site do Detran e realiza essa opção”, disse Selene.

Além do pagamento antecipado em janeiro, que vai do dia 8 ao dia 19, conforme a placa, também será possível parcelar o valor total em 9 ou 10 vezes, assim como poderá pagar o valor total no final do ano. Outras condições especiais também serão implantadas, como veículos populares com potência de até mil cilindradas e motocicletas de até 125 cilindradas, terão redução de 50% no IPVA, desde que não tenha cometido nenhuma infração nos últimos 12 meses.

“É uma maneira de coibir infrações em nosso trânsito. Contribuir para a segurança das pessoas, dos condutores, dos pedestres e tudo mais”, disse a secretária. Veículos com mais de 15 anos de uso e pessoas com deficiência terão isenção do imposto. De acordo com a secretária, a instrução normativa deve ser publicada no Diário Oficial ainda nesta sexta-feira (22).