Seja bem-vindo. 2 de março de 2024 00:19
Previous
Next

Trem do metrô do DF pega fogo em Águas Claras

Incêndio começou no início da tarde desta 6ª feira. Transporte parou entre as estações Concessionárias e Águas Claras

Um vagão do metrô pegou fogo, no início da tarde desta sexta-feira (12/1), entre as estações Concessionárias e Águas Claras. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atua no local.

O trem estava vazio, segundo a Companhia do Metropolitano (Metrô-DF). Ainda não detalhes, até o momento, sobre o que provocou o incêndio.

Imagens mostram o metrô parado, com um dos vagões em chamas, enquanto uma grande coluna de fumaça sai do trem.

Em nota, a Metrô-DF informou que o incêndio ocorreu em um trem que era recolhido para o pátio de manutenção de Águas Claras e que as chamas foram controladas.

“Não havia usuários dentro do metrô. A circulação dos trens está interrompida neste momento”, detalhou a empresa, às 12h30 desta sexta-feira (12/1).

O CBMDF informou que o trem seguia para Taguatinga, onde seria recolhido, quando o incêndio começou. Dos quatro carros que fazem parte da composição, o que pegou fogo ficou totalmente destruído.

 

Criança de 2 anos morre carbonizada após incêndio atingir casa no DF

Chamas atingiram casa onde a criança estava, na QNL 16 de Taguatinga, por volta das 5h30. Bombeiros encontraram corpo da vítima carbonizado

Uma criança de 2 anos morreu carbonizada, após a casa em que ela morava pegar fogo, na QNL 16 de Taguatinga Norte, na madrugada desta quinta-feira (21/12).

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada por volta das 5h30 para atender a uma ocorrência de incêndio. No local informado, as equipes acompanharam o trabalho do Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), que encontrou o corpo de uma menina carbonizado.

A dona da casa e mãe da criança informou aos policiais que havia saído para comprar uma vela e, quando retornou, o imóvel estava em chamas. Vizinhos relataram que ela morava no local com os dois filhos.

Ainda segundo a PMDF, a mãe é dependente química e foi levada para a 17ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Norte), onde prestou depoimento.

A perícia da Polícia Civil (PCDF) apura as causas do ocorrido.

Incêndio de grandes proporções atinge hipermercado atacadista

Chamas atingiram hipermercado no Riacho Fundo 2 e foram controladas por volta das 11h. Ninguém ficou ferido

Um incêndio de grandes proporções atingiu o Melhor Atacadista do Riacho Fundo 2, no Distrito Federal, por volta das 10h20 desta quinta-feira (7/12). Apesar da intensidade do fogo, não houve vítimas. As chamas foram controladas por volta das 11h.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) informou que os militares foram acionados e, ao chegarem ao local, constataram grande quantidade de fumaça na parte superior do comércio e chamas consumindo o estoque, que fica na mesma área.

Um prédio residencial localizado ao lado do atacadista precisou ser evacuado para a segurança dos moradores.

A área foi isolada e os militares trabalham no combate ao fogo, para impedir o consumo de itens estocados no depósito. Às 11h20 os bombeiros trabalhavam para resfriar o local e impedir que novos focos surgissem.

Saiba quem é morador que está em estado gravíssimo após incêndio no DF

O incêndio começou no apartamento onde Felipe Bento Nunes Gonçalves vivia. O homem foi encaminhado ao Hran, com 60% do corpo queimado

Felipe Bento Nunes Gonçalves teve mais de 60% do corpo queimado durante um incêndio que começou no apartamento dele, na Quadra 510 do Noroeste. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (6/12), após um vazamento de gás. Devido à gravidade da situação, o primeiro andar do prédio ficou destruído e parte da fachada foi danificada.

Felipe Bento Nunes Gonçalves teve mais de 60% do corpo queimado durante um incêndio que começou no apartamento dele, na Quadra 510 do Noroeste. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (6/12), após um vazamento de gás. Devido à gravidade da situação, o primeiro andar do prédio ficou destruído e parte da fachada foi danificada.

Segundo moradores do residencial, Felipe era discreto e não interagia com outras pessoas. Ele, inclusive, trabalhava em home office e vivia sozinho na unidade alugada, de acordo com os relatos.

Momentos antes de a tragédia acontecer, testemunhas reclamaram de um “forte cheiro de gás”. Apesar da tentativa de funcionários de desligar o sistema de abastecimento para impedir uma explosão, o esforço não surtiu efeito.

Conforme relatou Isaura Andrade Silva, 43, síndica do prédio, Felipe não estava acordado quando o incêndio começou. “O único fato de que temos certeza é que ele estava desacordado. Não sabemos se tinha tomado remédio para dormir ou se o gás, que estava forte, fez com que desmaiasse”, declarou. Ainda segundo ela, a vítima perdeu a mãe há pouco mais de um mês, e outros familiares do homem não foram encontrados até o momento.

Felipe foi atendido em estado grave e levado para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Embora apresente quadro estável, o homem se encontra intubado na unidade de terapia intensiva (UTI).

 

Explosão no Noroeste deixa vítima com 70% do corpo queimado

Explosão causou incêndio de grande magnitude em prédio da quadra comercial 510. Uma pessoa foi socorrida em estado grave, com queimaduras

Uma explosão aconteceu em um apartamento na Quadra 510 do Noroeste, pouco antes das 9h desta quarta-feira (6/12), e deixou uma pessoa, ainda não identificada, com cerca de 70% do corpo queimado, segundo os bombeiros que atendem a ocorrência.

O ocorrido fez vidraças estilhaçarem e caírem, bem como provocou um incêndio de grandes proporções no prédio onde houve a explosão, na quadra comercial. A densidade fumaça gerada após o início das chamas, inclusive, pôde ser vista a distância.

Às 11h desta quarta-feira (6/12), as equipes do CBMDF conseguiram controlar o fogo e deram início a buscas por eventuais animais feridos. Todos os imóveis residenciais e comerciais precisaram ser esvaziados.

 

Incêndio em oficinas destrói mais de 30 carros e carcaças no DF

Chamas atingiram lojas do Setor de Oficinas de Taguatinga. Fogo começou por volta das 22h40 e foi controlado

Um incêndio de grandes proporções destruiu mais de 30 carros e carcaças de veículos em lojas de autopeças no Setor de Oficinas de Taguatinga. As chamas atingiram a região por volta das 22h40 dessa segunda-feira (20/11), e só foram controladas na manhã desta terça-feira (21/11). Não há registros de vítimas.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) informou que os militares foram acionados e, ao chegarem ao local da ocorrência, as equipes avistaram grande quantidade de fumaça e chamas consumindo veículos no estacionamento das lojas.

As equipes iniciaram o combate às chamas, que se alastraram rapidamente entre carros, carcaças e os estabelecimentos. Foram montadas linhas de combate com utilização de água e espuma abafadora.

Incêndio em casa deixa 6 pessoas feridas em Ceilândia; uma das vítimas teve 70% do corpo queimado

Homem foi levado em estado grave ao Hospital Regional da Asa Norte. À Polícia Civil, bombeiros disseram que chamas podem ter começado em relógio medidor de energia que fica dentro da residência.

Um incêndio em uma casa deixou seis pessoas feridas no Núcleo Rural Alexandre Gusmão, em Ceilândia, no Distrito Federal, nesta quarta-feira (25). Uma das vítimas teve 70% do corpo queimado, de acordo com o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil.

O homem foi levado em estado grave para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran), que é referência no atendimento de queimados.

No meio da tarde, o major do Corpo de Bombeiros Fábio Bohle disse que as vítimas tiveram entre 32% e 50% dos corpos queimados. O Hran, no entanto, não passou informações sobre o estado de saúde do paciente levado à unidade.

Ainda segundo os bombeiros, quatro pessoas foram levadas aos hospitais regionais de Taguatinga (HRT) e de Ceilândia (HRC) — uma delas teve 40% do corpo queimado (saiba mais abaixo). A sexta vítima foi sozinha para o hospital e não chegou a ser atendida pelos militares porque já havia saído da casa quando os socorristas chegaram.

O primeiro socorro às vítimas foi feito por vizinhos. Segundo o caseiro, que mora no lote, o incêndio começou por volta de 9h e ele ouviu gritos de socorro.

Quando chegou na casa, conta que viu o grupo tentando escapar das chamas. Mas a casa estava toda trancada e as janelas são gradeadas.

O caseiro diz que foi preciso quebrar um portão para que as vítimas conseguissem sair. Quando os bombeiros chegaram, encontraram as cinco pessoas já do lado de fora.

De acordo com os militares, o incêndio consumiu um cômodo da casa e se espalhou para outros dois. Ao verificar que não havia mais pessoas ou animais na residência, os militares combateram as chamas.

À polícia, os bombeiros disseram que, “em uma análise preliminar e superficial da cena, aparentemente, o incêndio teve início no interior de uma casa, mais precisamente em um relógio medidor de energia que fica no interior da construção rudimentar”.

O caso é investigado pela 24ª Delegacia de Polícia, em Ceilândia.

Carro pega fogo em oficina, em Planaltina (DF), na manhã de hoje (23/10)

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foram acionadas no final da manhã, às 11h40

Um carro pegou fogo dentro de uma oficina na quadra 12 do conjunto M, no Arapoanga, em Planaltina (DF). As equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foram acionadas no final da manhã desta segunda-feira (23/10). Ninguém se feriu.

Segundo os agentes, a oficina estava instalada na loja de um prédio de dois andares. As equipes dos bombeiros combateram as chamas, extinguindo o incêndio.

O proprietário da oficina recusou fazer a perícia.

Incêndio de grandes proporções atinge depósito de pneus em Ceilândia, no DF

Fogo começou na tarde desta quinta-feira (19). Segundo Corpo de Bombeiros, chamas chegaram perto das casas do Núcleo Rural Alexandre Gusmão.

O galpão fica perto de várias casas do núcleo rural Alexandre Gusmão, no Incra. Segundo os militares, nenhuma residência foi atingida. No entanto, os moradores estão proibidos de voltar para casa até que o incêndio seja totalmente controlado.

Por causa da grande quantidade de pneus no depósito, a fumaça pode ser vista de longe. Parte da área está isolada.

Cerca de 80 bombeiros trabalhavam no local até a publicação desta reportagem. Seguindo os militares, ainda não é possível dizer o que provocou as chamas.

Corpo é encontrado dentro de carro incendiado no DF

Bombeiros foram acionados para combater fogo em veículo e encontraram corpo no banco de trás. Caso ocorreu na Colônia Agrícola 26 de setembro e é investigado pela Polícia Civil.

Um corpo foi encontrado, na noite desta terça-feira (10), dentro de um carro incendiado na Colônia Agrícola 26 de Setembro, em Taguatinga, no Distrito Federal. Segundo o Corpo de Bombeiros, o veículo estava abandonado às margens da DF-001.

Segundo os militares, o veículo foi encontrado ainda em chamas e com muita fumaça. Após o combate ao incêndio, os policiais encontraram o corpo de um homem, no lado esquerdo do banco traseiro.

 

A Polícia Militar foi acionada para o local depois que os bombeiros terminaram o combate às chamas. O caso segue sob investigação da Polícia Civil. A vítima não foi identificada até a última atualização desta reportagem.