Seja bem-vindo. 24 de junho de 2024 03:44
Previous slide
Next slide

PREFEITURA DE NOVO GAMA ABRE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO COM MAIS DE 2 MIL VAGAS

PREFEITURA DE NOVO GAMA ABRE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO COM MAIS DE 2 MIL VAGAS

As oportunidades contemplam profissionais de nível técnico e superior. Inscrições podem ser realizadas até o dia 24 de setembro.

A Prefeitura Municipal de Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal, lançou um edital de concurso público com mais de 2 mil vagas. Os salários variam de R$ 1.500 a R$ 4.087,00 com oportunidades para o nível técnico e superior.

Entre as oportunidades estão cargos para técnico em enfermagem, assistência social, enfermeiro, engenheiro ambiental, farmacêutico e entre outros.

Veja como se inscrever no concurso
Para se inscrever basta acessar o site da banca responsável pela realização do concurso, www.itame.com.br, ou comparecer na sede da Prefeitura de Novo Gama.

A taxa para os candidatos que irão concorrer ao nível técnico é de R$ 90,00, e um valor de R$ 150,00 para o nível superior. As inscrições podem ser realizadas até o dia 24 de setembro. Para quem necessita da isenção do pagamento da taxa de inscrição, a solicitação deve ser feita até o dia 31 de agosto.

Nesse edital, para as 2 mil vagas anunciadas, 356 serão para início imediato e outras 1.936 para o cadastro de reserva.

As provas objetivas estão marcadas para o dia 19 de novembro de 2023. Sendo 35 questões para os cargos de nível técnico e 40 para os cargos de nível superior.

O candidato que irá concorrer para a vaga de Guarda Civil Municipal, além da prova objetiva, também passará por uma avaliação de aptidão física, psicológica e terá que realizar um curso de aptidão.

Já para os que preferem disputar na área de pedagogo ou professor, além da própria objetiva também será necessário a aprovação na prova de títulos. O restante das outras áreas terá apenas as provas objetivas.

Confira o quadro de vagas:

Assistente social (6)
Enfermeiro (4)
Engenheiro ambiental (1)
Farmacêutico (1)
Fiscal de meio ambiente- nível 1 (2)
Fiscal de obras e posturas – nível 1 (3)
Fiscal de transportes públicos – nível 1 (4)
Fiscal de vigilância sanitária – nível 1 (3)
Fisioterapeuta (1)
Guarda Municipal (28)
Médico cínico geral (2)
Médico obstetra (2)
Médico pediatra (2)
Médico veterinário (1)
Médico neurologista (2)
Nutricionista (1)
Odontólogo (2)
Pedagogo- assistente social (3)
Professor de educação básica – pedagogo (180)
Professor de ciências física e biológicas (6)
Professor de geografia (7)
Professor de história (6)
Professor de língua inglesa (7)
Professor de língua portuguesa (12)
Professor de matemática (12)
Professor de educação física na saúde (1)
Psicólogo (4)
Técnico em enfermagem (19).

Operação mira fraude no concurso da Polícia Penal do DF

Operação mira fraude no concurso da Polícia Penal do DF

São cumpridos 33 mandados de busca e apreensão no DF e em três estados.

Delegacia de Repressão ao Crime Organizado do Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco/Decor) cumpre, na manhã desta quinta-feira (9/3), 33 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em três estados em uma operação que investiga fraude no concurso público da Polícia Penal do DF.

Os mandados cumpridos nos endereços ligados aos investigados servirão para subsidiar as apurações em curso, segundo a Polícia Civil. Com as provas colhidas, os policiais irão aprofundar as investigações para entender qual a modalidade de fraude cometida pelos suspeitos.

O concurso teve as inscrições abertas em maio de 2022 e as provas objetivas foram aplicadas em 3 de julho do mesmo ano. Já o Teste de Aptidão Física (TAF) ocorreu este ano. Nesta manhã, os policiais cumprem os mandados no DF e nos estados de Pernambuco, Paraíba e Bahia.

ação, que contou com a participação de 240 policiais civis, é resultado de diligências que se iniciaram a partir de informações repassadas à Polícia Civil pela Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal (Seape). Após levantamentos, foi constatado que alguns candidatos teriam burlado a isonomia do concurso e se beneficiado indevidamente para a aprovação no certame.

Participaram da operação policiais civis da Polícia Civil do Estado de Pernambuco, por meio da Diretoria de Inteligência (DINTEL) e do Comando de Operações e de Recursos Especiais (CORE) e da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) da Polícia Civil da Paraíba.

Fraude

A operação é mais uma da série de investigações realizadas desde o ano de 2015 pela Polícia Civil do Distrito Federal sobre fraudes que buscam a aprovação de candidatos em concursos públicos. Nas Operações Panoptes e Magister, e suas várias fases, foram identificadas fraudes nos concursos públicos do STJ – Superior Tribunal de Justiça, do Corpo de Bombeiros Militar do DF, da Secretaria de Educação do DF, da Secretaria de Saúde do DF, da ANTAQ – Agência Nacional de Transportes Aquaviários e do MPU – Ministério Público da União.

Ao todo, mais de 70 pessoas foram indiciadas no bojo dessas investigações, entre membros da organização criminosa responsáveis pelas fraudes, pessoas que prestaram algum tipo de auxílio e funcionários públicos aprovados irregularmente em concursos.

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida.

Concurso BRB: edital com 300 vagas de escriturário será publicado em 7 de julho  

Concurso BRB: edital com 300 vagas de escriturário será publicado em 7 de julho

 

O Banco de Brasília informou que vai publicar o novo edital de concurso público do órgão no próximo dia 7 de julho. Serão 300 vagas para o cargo de escriturário, que exige nível médio. Desse total, 150 vagas são imediatas e outras 150 serão para formação de cadastro de reserva.

O banco também informou que as provas estão previstas para ocorrer em 6 de novembro. E, desta vez, os exames serão realizados em todas as capitais do Brasil, e não apenas em Brasília, como nas edições anteriores.

Cabe ao escriturário realizar atividades como preenchimento e escritura de formulários, atendimento ao público, arquivo de documentos, entre outros. O salário inicial do cargo é de R$ 3.764,66, para uma jornada de 30 horas semanais.

De acordo com o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, o reforço de profissionais está previsto como uma estratégia de expansão do banco. “Assumimos o compromisso de fortalecer o BRB, devolvendo à Brasília um Banco público que contribuísse para a melhoria de vida da população. Nos últimos 3 anos, conseguimos avanços, crescemos em tamanho e importância, e isso só foi possível graças ao trabalho dos empregados do Banco. Por isso, desde o início da gestão temos dado uma atenção especial às pessoas com reposição e expansão dos quadros e capacitação e treinamento. Afinal, o BRB é um banco de pessoas para pessoas”, afirma.

O edital será publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) e o resultado final deve ser anunciado em janeiro de 2023. O edital do concurso também vai prever cotas para pessoas com deficiência, hipossuficientes; negros, índios e quilombolas.

Leia também: “BRB do Zero”: preparatório oferece semana de lives gratuitas para o concurso

Último concurso para escriturário
O Banco de Brasília publicou o último edital em 2019. O documento trouxe a oferta de 113 vagas imediatas mais formação para cadastro de reserva para níveis médio e superior. Os candidatos concorreram a vagas para escriturários, advogados, analistas e engenheiros, com salários iniciais variando entre R$ 3.204,26 e R$ 19.530,67:

R$ 3.342,26 para escriturários com carga horária de 30 horas semanais;
R$ 20.372,44 para advogados com carga horária de 40 horas semanais;
R$ 8.021,67 para analistas de TI; e
R$ 11.517,35 para engenheiro de segurança do trabalho.
Mais de 92 mil pessoas se inscreveram para participar da seleção. A carreira de escriturário, de nível médio, registrou 84.317 inscritos para 100 oportunidades, gerando uma concorrência de 843 pessoas por vaga.

 

Em março de 2021, o Banco de Brasília (BRB) prorrogou o prazo de validade do último concurso. De acordo com o documento publicado no DODF, os novos prazos para analistas, engenheiros e médicos seguem até 21 de setembro de 2022, escriturários até 14 de setembro de 2022 e advogados até 12 de outubro de 2022.

Apesar disso, o BRB informou ao Papo de Concurseiro que a medida não impedirá a abertura de novas seleções.

Concurso Guarda de Luziânia (GO): MP recomenda novo edital

Concurso Guarda de Luziânia (GO): MP recomenda novo edital

08/03/2022, às 18h23

   

O Ministério Público do Goiás (MP GO) ajuizou uma ação civil pública, com pedido de liminar, contra o município de Luziânia para a realização de um novo edital de concurso Guarda Municipal.
A ação também pede a nulidade dos atos administrativos que alteraram a nomenclatura dos cargos e promoveram “indevidamente” o reenquadramento de vigilantes patrimoniais como guardas civis.
Na ação, o promotor de Justiça Julimar Alexandro da Silva requer uma série de ações. Entre elas, pede que, em 30 dias, instituição seja contratada para organizar uma concurso Guarda Municipal de Luziânia (GO).
Além disso, pediu o encerramento de vínculos que desrespeitem à regra do concurso público em 90 dias; a criação de novos cargos em 30 dias, caso ainda não criados por lei; e a devolução, em 90 dias, de servidores investidos em desconformidade com as normas constitucionais e o retorno aos seus postos de origem.
Quando ao concurso Guarda de Luziânia, a recomendação também traz algumas medidas e critérios, como:

que o concurso público seja norteado por critérios objetivos, realizado por provas ou por provas e títulos, não sendo admitida a seleção por mera análise de currículo

que o edital do concurso respeite o princípio da impessoalidade, a partir de critérios objetivos de eliminação e classificação dos candidatos, evitando mecanismos que permitam computar pontos aos candidatos que já sejam pertencentes aos quadros da Câmara de Luziânia ou outros órgãos públicos

que o edital do concurso observe o que consta na legislação federal e estadual para resguardar reserva de vagas e possibilidade de acesso especial a portadores de deficiência

Esta não é a primeira vez que o Ministério Público intervém na realização de um novo concurso Guarda de Luziânia. Em agosto de 2021, o MP recomendou ao prefeito que um novo edital acontecesse.
A recomendação foi para que a prefeitura “ANULE imediatamente o ato administrativo que estabeleceu o reenquadramento dos vigilantes patrimoniais em Guardas Civis Municipais, em evidente desvio de finalidade e violação à norma constitucional da forma de investidura em cargo público por concurso, bem como em clara afronta à
jurisprudência sedimentada do S.T.F, retornando TODOS os vigilantes aos cargos de origem, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias”, segundo consta documento oficial do MP-GO.

 

Resumo concurso Guarda de Luziânia

Situação: recomendado pelo MP

Cargo: Guarda Municipal

Escolaridade: nível médio

Você quer MESMO ser aprovado?

Então, é hora de optar pelo material que vai te diferenciar da concorrência. Todas as questões do QConcursos mais o material na medida que você precisa. Tudo em um só lugar.
Tome a atitude que vai te levar à aprovação de uma vez por todas. São quase 600 cursos completos esperando por você!