Seja bem-vindo. 25 de julho de 2024 01:21
Previous slide
Next slide

Analista do MPDFT ajudava criminosos por meio de jovens advogados

Analista do Ministério Público do DF e Territórios e alvo de mandado de prisão na Operação Old West, Suedney dos Santos está foragido

Jovens advogados ouvidos pela Polícia Civil (PCDF) confirmaram que o analista do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) Suedney dos Santos (foto em destaque) atuava diretamente na defesa das causas da rede de empresas investigadas no âmbito da Operação Old West.

O analista era quem escolhia os advogados responsáveis pelos processos e, diante da saída de qualquer deles das causas, ditava as regras para a substituição.

Como não pode advogar em razão do cargo, Suedney se valia das inscrições de jovens advogados para agir e repartia com eles os honorários. O analista ficava com a maior parte dos valores obtidos com as causas.

Advogados que prestaram depoimento à PCDF detalharam que o analista exigia os valores referentes a alvarás expedidos em favor das empresas investigadas. As quantias deveriam ser creditadas diretamente na conta dele.

Uma das advogadas cooptadas pelo analista mora atualmente em Portugal e foi ouvida pela polícia na tarde dessa quarta-feira (3/1), por videoconderência.

Ela atuou na defesa de empresas investigadas e repassou valores referentes a um alvará judicial para Suedney, em novembro de 2023.