Seja bem-vindo. 1 de março de 2024 23:17
Previous
Next

Fazendeiros encontram 14 ovelhas mortas e suspeitam de ataque de onça, em Valparaíso

Fazendeiros encontram 14 ovelhas mortas e suspeitam de ataque de onça, em Valparaíso

Moradores cobram providências para controlar situação

Fazendeiros encontraram 14 ovelhas mortas e suspeitam de ataque de onça, nesta terça-feira (6), em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Após os moradores da região se assustarem com o ocorrido, agentes da Secretaria de Meio Ambiente foram até o local para realizar uma perícia.

O caseiro do lote, Carlos Alberto de Sousa, de 34 anos, disse que ele e a mulher não escutaram nada durante a madrugada, mas viram uma onça preta pela manhã. Segundo Carlos, o animal estava puxando uma das orelhas das ovelhas mortas.

No total, 17 ovelhas foram criadas na propriedade, agora, restam apenas três. De acordo com os fazendeiros, o prejuízo foi de cerca de R$ 15 mil. Os moradores, do setor de chácaras Parque Marajó, cobram providências para controlar a situação.

Em nota, a Secretaria de Meio Ambiente de Valparaíso de Goiás disse que, nesta quarta-feira (7), encaminhou uma equipe de animais silvestres, com biólogos e médicos veterinários, para fazer uma perícia no local e tomar as medidas necessárias. Segundo a Secretaria, a equipe vai avaliar o ecossistema local e o comportamento do animal. Leia a nota na íntegra.

Fazendeiros encontram 14 ovelhas mortas e suspeitam de ataque de onça, em Valparaíso
Moradores cobram providências para controlar situação.

Segundo, Secretaria de Meio Ambiente de Valparaíso de Goiás

Gostaríamos de informar que a Secretaria de Meio Ambiente tomou conhecimento dos fatos, na tarde do dia 6 de junho de 2023. No referido episódio, é provável que uma onça atacou e matou 14 ovelhas, causando prejuízos consideráveis ao proprietário.

Diante da gravidade dos fatos e da necessidade de uma intervenção especializada, a Secretaria de Meio Ambiente encaminhou hoje, dia 7, nossa equipe de resgate de animais silvestres, composta por biólogos e médicos veterinários altamente admitidos, para realizar a perícia no local do ocorrido e tomar as medidas necessárias.

Dado o caráter delicado nesse caso, entendemos ser essencial realizar uma perícia minuciosa para identificar as circunstâncias do ataque e as medidas necessárias para prevenir ocorrências futuras. Através dessa investigação, esperamos obter informações precisas sobre o incidente, incluindo uma análise do comportamento da possível onça, suas possíveis motivações e avaliação do ecossistema local.

Nossa equipe de especialistas em vida selvagem está empenhada em conduzir essa avaliação de maneira criteriosa e responsável, buscando encontrar soluções adequadas para proteger tanto as espécies silvestres quanto os animais de criação nas áreas da região.

Continuaremos acompanhando de perto esse caso, mantendo todos os envolvidos informados sobre as etapas da perícia e as medidas a serem adotadas. Nosso objetivo é promover uma convivência harmoniosa entre a fauna nativa e a atividade agropecuária, garantindo a segurança de todos os envolvidos.